Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Atenção
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1847
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 2261

Santo André terá Virada Poética Cultural com 16 horas de programação

Santo André terá Virada Poética Cultural com 16 horas de programação Anderson Pedro/PSA

 Eventos serão realizados na Concha Acústica e no Saguão do Teatro Municipal, no centro da cidade; programação tem ainda exposições, literatura e cinema

Santo André, 24 de junho de 2015 – Pela primeira vez, Santo André vai contar com 16 horas ininterruptas de manifestações artísticas, que irão ocupar a Concha Acústica, na região da Praça do Carmo, e o Saguão do Teatro Municipal, ambos na região central da cidade. A Virada Poética Empório Cultural começará às 11h do sábado (27) e seguirá até as 2h da madrugada do domingo (28). Todas as atrações terão entrada gratuita.

Na Concha Acústica, o Festival de Cultura Popular reunirá das 11h às 16h espetáculos de dança, música e muitos contadores de causos. Os destaques ficam por conta da Congada do Parque São Bernardo, comandada pelo mestre Ditinho, a dupla de emboladores repentistas do nordeste Peneira e Sonhador, o poeta Moreira do Acopiara que fará recitais de poesia, o grupo de maracatu Baque das Ondas da Universidade Federal do ABC e muito forró pé de serra com o Trio Arcoverde.

O Saguão do Teatro Municipal receberá das 16h às 20h eventos voltados ao público infantil, com uma viagem entre livros e histórias com a escritora Denise de Oliveira Masselco, apresentação musical da Orquestra Juvenil Locomotiva, que mantém trabalho social com jovens do Parque João Ramalho e números de sapateado e dança contemporânea com o grupo andreense Vandance.

A Orquestra Sinfônica de Santo André também participará da Virada com concerto, às 20h, no Teatro Municipal, sob a regência do maestro Abel Rocha e a participação do pianista Pablo Rossi para a execução de Concerto nº 1 para piano e orquestra de Johannes Brahms e a Sinfonia nº 3 Eroica, de Beethoven. O encerramento da Virada, a partir da meia-noite, será com o sarau “Oralidade Poética”.

Casa da Palavra - Na Casa da Palavra a programação tem início na quinta-feira, às 19h, com a palestra de lançamento do livro “O que é Cultura Popular”, do poeta e escritor Moreira de Acopiara. Com ilustração de Luciano Tasso, a publicação infantil traz versos melodiosos e cadenciados característicos da literatura de cordel que apresentam a extensa cultura popular brasileira mostrando, com riqueza de detalhes, nossos costumes e tradições. Na sexta-feira, às 19h, será realizado o “Sarau Bodega do Brasil”, encontro de cultura popular preponderantemente nordestina, com literatura de cordel, repente, embolada, música e dança e muito mais.

No sábado, às 10h, o espaço abriga mais um encontro do Clube da Leitura Coletiva, que dará prosseguimento ao debate sobre a obra “A ética protestante e o espírito do capitalismo” de Max Weber. Em seguida, a partir das 12h será realizada mais uma Sacada Literária, na qual o público pode trocar livros.A Casa da Palavra fica na Praça do Carmo, 171, Centro. Grátis.

Oficinas e dança e música – Aprovado pelo PROAC 44/2014 – Artes Integradas da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, o projeto Consonâncias Verbais, criação cênica e sonora com o grupo de dança –MOS e o Grupo Experimental de Música (GEM), realizará oficinas de dança e música nesta sexta-feira, a partir das 14h, no Centro de Dança, na Rua Eduardo Monteiro, 410, Jardim Bela Vista. Inscrições gratuitas no local, mais informações tel. 4438-5021. E a partir das 20h o público poderá conferir apresentação do projeto no Saguão do Teatro (Praça IV Centenário, s/n, Centro).

Biblioteca Nair Lacerda – Na sexta-feira, às 19h30, na Biblioteca Nair Lacerda, o encontro “Letras e Imagens: os caminhos da cultura” terá como convidado o poeta e escritor Moreira de Acopiara, que participará do “Sarau Encontros Encantados”. No sábado, às 9h, dentro do projeto “Qual é o tema?”, a arquiteta e urbanista Elaine Moraes de Albuquerque discorrerá sobre “Arquitetura e qualidade de vida nas cidades”. E em seguida, às 11h, Penélope Martins narra histórias da cultura brasileira como as lendas de Iara e do Negrinho do Pastoreiro, entre outras. A biblioteca fica na Praça IV Centenário, s/n, Centro).

Exposições – Este é o último fim de semana para se conferir as obras que integram o 43º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto. A mostra está em cartaz no Salão de Exposições do Paço Municipal (Praça IV Centenário, s/n, Centro) na quinta, sexta-feira e sábado das 14 às 19h. No Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa as atrações são as exposições “Vistas da Cidade”, que reúne fotos do acervo do Museu com intervenções em grafite do artista Paulo Tolezano, “Traços e Cores - A presença da arte em Santo André”, composta de objetos, documentos e fotografias doadas ao acervo do Museu por artistas da cidade ou seus familiares, e Afro Escola no Museu – dois anos de outros mundos possíveis. Na quinta e sexta-feira as visitas podem ser feitas das 8h30 às 16h30, e no sábado, das 9h às 14h30. O endereço é Rua Senador Fláquer, 470, Centro. Entrada franca.

A Casa do Olhar Luiz Sacilotto recebe, na quinta-feira, às 19h, a palestra “Banco de Imagens de fotografias”, com o fotojornalista Fernando Fernandes. No local o visitante pode conferir ainda a exposição “Poéticas Periféricas”, que reúne a produção fotográfica feita a partir de caminhadas realizadas pelo Núcleo Poéticas Periféricas pelos bairros de Santa Terezinha, Jardim Milena e Centreville durante o aniversário da cidade. No fim de semana as visitas gratuitas podem ser feitas de quinta-feira a sábado das 10h às 17h. O endereço da Casa é Rua Campos Sales, 414, Centro.

Cinema – O Projeto Ponto MIS traz nesta semana mais um clássico do terror nacional de José Mojica Marins. Na quinta-feira, às 17h, o público poderá conferir “Esta Noite Encarnarei em Teu Cadáver”, no qual o personagem Zé do Caixão continua sua busca obsessiva ideal para gerar o filho perfeito. (1966, 107’, indicado para maiores de 16 anos). A exibição será na Escola Livre de Cinema e Vídeo, na Av. Utinga, 136, Vila Santa Teresinha. Grátis.

No Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa, nesta sexta-feira, às 19h, dentro da programação “AfroCineDebate” a atração será “Quilombo”, do diretor Cacá Diegues, que mostra a história do Quilombo dos Palmares e a saga de Ganga Zumba e Zumbi durante o período colonial brasileiro. (1984, 114’, Livre).

Música no Parque – E no domingo, o Projeto Música no Parque leva à Chácara Pignatari os músicos Mônica Marsola e Duda Marsola. A apresentação será a partir das 11h. Entrada franca. O endereço é Av. Utinga, 136, na Vila Metalúrgica.

A programação cultural é organizada pela Secretaria de Cultura e Turismo de Santo André. O conteúdo completo está disponível em: http://www.santoandre.sp.gov.br/biblioteca/agenda/agenda.asp. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4433-0577.

Sobre a Secretaria de Cultura e Turismo

A Secretaria de Cultura e Turismo é responsável por promover o desenvolvimento e a difusão das atividades ligadas à cultura, arte e turismo. Cuida também da preservação histórica e do patrimônio cultural de Santo André, além de promover o calendário de festividades do município e coordenar os programas executados nas bibliotecas, museus, teatros, escolas de artes, orquestra, espaços esportivos e centros comunitários.
Estão sob os cuidados da Pasta os conselhos municipais de Cultura, de Turismo e de Defesa do Patrimônio, Histórico, Artístico, Arquitetônico-urbanístico e Paisagístico de Santo André, bem como o Fundo de Cultura.

A respeito de Santo André

A Vila de Santo André da Borda do Campo foi fundada em 8 de abril de 1553 e extinta em 1560. A localidade passou a ser parte do município de São Paulo e apenas em 1889 é que a região passou a ter um município com nome de São Bernardo. Este abrigava todo o ABC, e com a transferência de sede em 1939 passou a ser denominado Santo André. Este nome permaneceu, e após diversas emancipações de distritos, em 1953, o município de Santo André passou a ter a área atual de 174,38 km².

Localiza-se no ABC paulista (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último Censo, divulgado em 2010, com estimativa para 2014, Santo André possui 707.613 habitantes. No ano de 2012, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 18,085 bilhões, sendo o 32º maior do País e o 12º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento previsto para 2015 é de R$ 3,178 bilhões.

Links:

Visite o site: www.santoandre.sp.gov.br

Facebook: https://www.facebook.com/PrefeituradeSantoAndre

Twitter: https://twitter.com/PrefStoAndre

Mais informações para a imprensa:

Marcos Imbrizi: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Roberto Nascimento: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo