Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Santo André adere a movimento mundial de preservação da natureza

A Prefeitura de Santo André aderiu ao movimento “Hora do Planeta”, criado pela organização não governamental WWF com objetivo de conscientizar cidadãos de mundo inteiro sobre a necessidade de preservar os recursos naturais em face das ameaças representadas pelo aquecimento global.

No próximo sábado (27), o Prédio do Paço Municipal manterá suas luzes apagadas entre as 20h30 e as 21h30, com eventual exceção de iluminação de segurança. Com isto, a sede do executivo andreense participa deste ato simbólico compartilhado por milhões de pessoas, empresas e governos de diversas nacionalidades.

Santo André participa da Hora do Planeta

Sobre o movimento Hora do Planeta
A primeira edição do movimento Hora do Planeta foi realizada em Sidney, na Austrália, em 2007. Desde então, a iniciativa se transformou no maior evento pró-conservação global. Em 28 de março de 2009, contou com centenas de milhões de pessoas de quatro mil cidades, em 88 países. Neste ano, espera-se uma participação ainda maior, na proporção do aumento das preocupações com o vilão conhecido como global heating (aquecimento global).

Sobre a WWF
A organização não-governamental WWF foi criada em 1962, na Suíça, por um grupo de cientistas preocupados com a devastação da natureza. A partir da sede suíça, a ONG se transformou em rede mundial de defesa do meio ambiente, com representação em dezenas de países, incluindo o Brasil, além de mais de cinco milhões de apoiadores entre voluntários e associados.

Seu slogan é “for a living planet”, “por um planeta vivo”, e seu logotipo é um urso panda, espécie ameaçada de extinção.

A sigla World Wide Fund for Nature é traduzida livremente como Fundo Mundial para a Vida Selvagem e Natureza.  O movimento Hora do Planeta, ou Earth Hour, é um entre mais de mil projetos mantido pela organização.

André Lima
25/03/2010

Última modificação emSegunda, 07 Junho 2010 20:19

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo