Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Santo André projeta ampliar atendimentos com residentes da Faculdade de Medicina do ABC Destaque

Foto: Helber Aggio/PSA Foto: Helber Aggio/PSA

Município disponibiliza hoje cerca de 2.200 vagas; ampliação vai garantir crescimento em volume de atendimento e especialidades

Santo André, 26 de abril de 2022 - Santo André foi referência no combate à pandemia e agora, no momento em que não há pacientes com Covid-19 internados na rede municipal, a cidade está intensificando os demais atendimentos da saúde.

Nesta terça-feira (26) houve uma reunião entre a Secretaria de Saúde e a Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) para falar sobre a ampliação dos atendimentos na cidade nas mais diversas áreas. A expectativa do município é dobrar a quantidade de vagas para residentes da instituição de ensino.

Os residentes da FMABC ocupam cerca de 2.200 vagas de estágio na rede municipal de saúde de Santo André. Com a perspectiva de abertura de novas vagas, será possível ampliar a atuação dos profissionais, garantindo o crescimento em volume de atendimento e especialidades.

“Em 29 de março do ano passado, quando chegamos a 96% da ocupação com 1.099 pacientes internados por Covid-19, ainda oferecemos assistência a cidades vizinhas com o espírito público, isso tudo graças à parceria com a Fundação do ABC e a um trabalho brilhante dos profissionais de saúde. Após dois anos em que falamos praticamente de um único tema, agora é a hora da retomada na saúde com essa nova equipe para enfrentarmos novos desafios”, comentou o prefeito Paulo Serra.

O prefeito falou ainda que a chegada da nova organização social SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) para fazer a gestão de saúde do município não interferirá na atuação da Faculdade de Medicina do ABC e que haverá, inclusive, uma ampliação nos atendimentos prestados de acordo com a disponibilidade da própria faculdade.

“A vitória da nova organização social no processo, que foi lícito, transparente e totalmente legal, não acarretará em nenhum prejuízo na relação com a Faculdade de Medicina, é o compromisso que a gente deixa”, pontuou. 

O encontro foi realizado no Salão Burle Marx, no prédio da Prefeitura. A mesa de abertura também teve a participação do reitor da Faculdade de Medicina do ABC, David Uip, do secretário de Saúde, José Police Neto, e da coordenadora da Escola da Saúde, Stefanie Kulpa. 

“Aqui iniciamos uma nova etapa de reafirmar os nossos compromissos em parceria com a Faculdade de Medicina. Poucas regiões e municípios possuem um centro universitário tão respeitado, para além dos cursos de medicina possui outros dez cursos que compõem esse excelente campus", comentou o secretário de Saúde, José Police Neto.

O município de Santo André sempre prezou por viabilizar acesso democrático aos seus campos de estágio e atualmente há parceria com 15 instituições formadoras. As vagas são distribuídas de forma solidária e não exclusiva, tendo em vista que o SUS em Santo André tem o papel de ordenar e contribuir com a formação dos novos profissionais de saúde de toda a região.

“Temos muito a comemorar de tudo que conseguimos construir nos últimos anos. Podemos dizer que atendemos 100% das solicitações das demandas que são realizadas no nosso setor de educação permanente. Na área de urgência e emergência contemplamos hoje um total de 378 vagas, o que corresponde a 100% da demanda da instituição em toda a rede de atenção à saúde”, explicou a coordenadora de Educação Permanente, Stefanie Kulpa.

Além de atuar no Centro Hospitalar Municipal, atualmente os residentes trabalham em três UPAs (Bangu, Faisa e Vila Luzita). Com a ampliação, a instituição terá a possibilidade de abrigar alunos nas seis UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Santo André e no PA (Pronto Atendimento) de Paranapiacaba.

“No caso do curso de medicina, foi realizado acompanhamento das demandas deste Centro Universitário por dois anos, antes de ofertarmos oportunidades para outras instituições. Este acompanhamento garantiu o mapeamento das vagas não utilizadas, sendo que foi possível visualizar que tínhamos um quantitativo estável de vagas de estágio disponíveis. Isso demonstra nossa atitude de respeito e priorização frente às necessidades da FMABC, o que ocorre tanto pelo fato de a mesma ser uma instituição localizada em Santo André, quanto pela importância historicamente acumulada pelas contribuições à saúde da população andreense”, acrescentou Kulpa.

| Texto: Rafaela Mazarin

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo