Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Santo André entrega doações a famílias prejudicadas pela forte chuva

Santo André entrega doações a famílias prejudicadas pela forte chuva Helber Aggio/PSA

Iniciativa do Fundo Social de Solidariedade beneficiou moradores do Morro da Kibon, Vila América e Jardim Irene

Santo André, 30 de dezembro de 2021 – A Prefeitura de Santo André, por meio do Fundo Social de Solidariedade, com apoio da Defesa Civil do município, entregou nesta quarta-feira (29) cestas básicas a moradores prejudicados pelas fortes chuvas que caíram na cidade na terça-feira (28). O kit é composto de arroz, feijão, pó de café, macarrão, farinha, sal, açúcar, sardinha em lata e bolacha.

A administração municipal também providenciou material de higiene e limpeza, roupas, colchões e cobertores. No Morro da Kibon foram entregues 226 kits compostos por itens doados durante a campanha do Natal Solidário, nas Lojas Solidárias instaladas nos shoppings da cidade e por meio do Banco de Alimentos, coordenado pelo Fundo Social. Moradores da Vila América e do Jardim Irene também foram beneficiados.

“Santo André se uniu mais uma vez para atender a quem mais precisa. Neste momento de emergência, nossas equipes se mobilizaram para levar esses itens básicos para que todos sejam acolhidos. O gesto concreto das doações se transforma em amor e carinho para os andreenses. Seguiremos dando todo apoio para a recuperação de todos nesta hora difícil. Juntos, vamos vencer esses obstáculos”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santo André, Ana Carolina Barreto Serra.

A Defesa Civil cadastrou até o momento 61 famílias que tiveram danos materiais por causa de alagamentos provocados pelo temporal. A Prefeitura realizou a interdição de oito imóveis no Morro da Kibon em face de deslizamento de terra, com encaminhamento das famílias para a assistência social e recebimento de benefícios, como o auxílio aluguel.

“Nosso objetivo primordial é cuidar da nossa gente. Logo após o fim das chuvas, começou um trabalho integrado, envolvendo todas as áreas da prefeitura, para colocar a cidade em ordem novamente, com ações de limpeza e manutenção, além da assistência imediata às famílias mais prejudicadas. Foi uma chuva fora do normal. Mas isso não é desculpa. Nosso trabalho prossegue para resolver problemas históricos, inclusive na questão das enchentes. Já investimentos muito. O trabalho para reduzir os efeitos das fortes chuvas não para mais”, explicou o prefeito Paulo Serra.

Outras famílias que sofreram com as chuvas seguem sendo atendidas com o trabalho permanente de assistência humanitária. A Defesa Civil recebeu até agora 124 chamados pelo 199, com solicitações para vistoria em edificações, queda de muros, alagamentos e deslizamentos.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo