Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Santo André apresenta programas Con_Viver Bem e Nenhum a Menos

Santo André apresenta programas Con_Viver Bem e Nenhum a Menos

Entre os objetivos das iniciativas estão proporcionar atendimento psicológico na rede municipal e a busca ativa para redução da evasão escolar

Santo André, 9 de dezembro de 2021 – Visando contribuir ainda mais na qualidade do atendimento nas escolas da rede municipal, a Secretaria de Educação de Santo André desenvolveu os programas Con_Viver Bem e Nenhum a Menos. Já em andamento, as iniciativas foram apresentadas nesta quinta-feira (9) no Centro de Formação de Professores Clarice Lispector.

Para a secretária de Educação, Cleide Bochixio, intersetorialidade e articulação são as palavras de ordem para o bom desempenho dos programas. “Considero estes programas como eixos centrais da humanização na Educação e já estão sendo elogiados, tanto no desempenho no apoio aos educadores por meio de psicólogos, quanto no trabalho das assistentes sociais. Com análise de dados, coragem, inovação e engajamento conseguiremos fazer a diferença para quem precisa”.

Durante o evento, o vice-prefeito Luiz Zacarias comemorou o desempenho dos programas. “O Con_Viver Bem e Nenhum a Menos vêm ao encontro do propósito de nossa gestão. A valorização e o reconhecimento da importância dos profissionais, além da diminuição do número de pessoas fora das escolas, são sinais que a Educação está no caminho certo. Já vemos mudanças positivas acontecendo”.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santo André, Ana Carolina Barreto Serra, também prestigiou o evento e ressaltou a importância do trabalho intersetorial. “Trabalhar de mãos dadas, em conjunto, é fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, solidária e igualitária. Com isso, conseguimos nosso pleno desenvolvimento, conquistando liberdade de atuação, de escolha e consciência. Sem inovação e coragem em romper barreiras, não conseguiríamos mostrar que é possível fazer diferente. Parabéns a todos”.

O encerramento da atividade contou com a participação do ator João Paulo Bienermann e do músico Pedro Bienermann. Juntos, os irmãos apresentaram de forma artística o conceito dos programas implantados na rede municipal de ensino de Santo André.

A dupla andreense, nascida no Hospital Christóvão da Gama, estudou em escolas públicas inclusivas que valorizavam os talentos individuais e coletivos. Graças a isso, foram incentivados a correrem atrás de seus sonhos para transformá-los em realidade. “Agradeço muito à diretora Sonia e a Mariene por me olharem e me acolherem. Não posso deixar de agradecer também à nossa avó que nos mostrou a arte e nos inspirou”, disse João, emocionado.

“Reconhecemos que o gestor escolar possui oportunidades constantes e frequentes para mudar o curso de diversas vidas para o bem e para o mal. Desta forma, precisamos estar atentos a histórias vivas como essas. O Con_Viver Bem e Nenhum a Menos são propostas inéditas e inovadoras e estão aqui para colaborar com as unidades escolares”, concluiu Sandramara Gerbelli, gerente de Educação Inclusiva.

Programa Con_Viver Bem - A iniciativa conta com 20 psicólogos com múltiplas expertises para atender prioritariamente professores da rede de ensino municipal de Santo André, equipe gestora, outros profissionais que compõem a unidade escolar e a comunidade.

O objetivo é desenvolver dinâmicas para colaborar na superação de dificuldades pós pandemia, apoiando emocionalmente os profissionais das escolas, com propostas coletivas e possibilidade de atendimento individual, quando necessário. Levar reflexões e conscientizar os grupos que compõem as unidades de ensino a respeito de seus papéis e atuar sobre as relações que se estabelecem neste contexto, contribuindo para um ambiente escolar saudável emocionalmente.

Nenhum a Menos – Programa tem como finalidade garantir a permanência dos alunos nas escolas a partir da ação de 33 assistentes sociais que, em casos de evasão, irão em busca do aluno, identificando os motivos que o levou a evadir ou abandonar a escola.

Para o desenvolvimento do programa, a Secretaria de Educação conta com a “Plataforma da Busca Ativa Escolar” que consiste em uma ferramenta tecnológica de apoio às unidades escolares no enfrentamento da exclusão escolar, permitindo armazenar dados e registros necessários. A medida tem caráter intersetorial, contando com setores da Saúde, Assistência Social, Desenvolvimento Econômico e Fundo Social de Solidariedade, por meio da Escola de Ouro Andreense.

Terezinha Babichaka Squiavoni, diretora da Emeief Luiz Gonzaga, já vivencia a realização dos dois projetos na unidade escolar. “Nossa escola tem mais de 100 funcionários e estas iniciativas vieram em momento oportuno. Já conseguimos resultados bastante satisfatórios com essas parcerias que trazem ganho para todos”, concluiu.

Texto: Caroline Terzi
Foto: Alex Cavanha/PSA

Última modificação emQuinta, 09 Dezembro 2021 14:31

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo