Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Santo André celebra Dia Internacional da Cidade Educadora

Santo André celebra Dia Internacional da Cidade Educadora

Carta de compromisso e programação repleta de atividades marcaram a data

Santo André, 30 de novembro de 2021 – Nesta terça-feira (30), a Escola Municipal de Educação Ambiental Parque Tangará/Parque Escola (Emea) foi palco da programação que celebra o Dia Internacional da Cidade Educadora, iniciativa da Associação Internacional das Cidades Educadoras. Na ocasião, diversas atividades marcaram o evento, que nesta edição traz o tema “A cidade educadora não deixa ninguém para trás”.

Abrindo a celebração, os alunos da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Nicolau Moraes Barros, na Vila Pires, integrantes do Polo Bilíngue de Santo André, se apresentaram e emocionarar a todos os presentes.

O prefeito em exercício, Luiz Zacarias, destacou a importância da iniciativa. “Vemos aqui o quão importante é a questão da humanização, que é a palavra-chave de tudo. É estarmos atentos aos que precisam de apoio e acolhimento. Com as secretarias desta gestão unidas, conseguimos fazer a diferença”.

Durante a cerimônia, a secretária de Educação, Cleide Bochixio, fez a leitura da carta da Cidade Educadora, que exprime o compromisso do município quanto aos valores e princípios desta iniciativa, alinhados com a Agenda 2030 das Nações Unidas para o desenvolvimento sustentável.

“Em Santo André nos unimos à celebração do Dia Internacional da Cidade Educadora e nos comprometemos firmemente a não deixar ninguém para trás. Com isso, almejamos criar um município livre de segregações e barreiras físicas e mentais, acessível e interligado a todos os cidadãos, e criar espaços de convivência nos quais pessoas muito diversas possam interagir”.

Além de ler a carta, a secretária falou sobre o programa “Nenhum a Menos”, que tem como finalidade garantir a permanência dos alunos nas escolas a partir da ação de 33 assistentes sociais que, em casos de evasão, irão em busca do aluno, identificando os motivos que levaram o estudante abandonar a escola.

Participaram das atividades no Parque Escola, alunos da rede municipal, incluindo Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos e Centros Públicos de Formação Profissional, além de estudantes do Centro de Referência do Idoso de Santo André (Crisa).

Entre as atrações, foram destaque contação de histórias, experimentos no Laboratório Didático e cursos no Laboratório de Informática, interações na Sala de Memórias, Espaço do Brincar, Cantos de Leitura, práticas de Educação Física, apresentações de judô e capoeira com a programação dos Cesas.

Outras áreas da Administração municipal também fizeram parte da programação, como aulas de zumba sentada com a equipe da Saúde / UBS Valparaíso; exposição de maquete das nascentes e a Vila de Paranapiacaba com monitores da Secretaria de Meio Ambiente; exposição de artesanato pela Escola de Ouro, a partir do Fundo Social de Solidariedade; e informações sobre Ciências e Tecnologia pela Sabina - Escola Parque do Conhecimento.

Texto: Caroline Terzi
Foto: Helber Aggio/PSA

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo