Logo
Imprimir esta página

Programa de formação para professores da EJA encerra atividades de 2021

Programa de formação para professores da EJA encerra atividades de 2021 Divulgação

 Última atividade do programa Diálogos em Rede foi realizado totalmente online e promoveu reflexão sobre a importância das linguagens artísticas no ambiente escolar

Santo André, 26 de novembro de 2021 - A Secretaria de Educação realizou, nesta sexta-feira (26), a atividade de encerramento do programa Diálogos em Rede, uma série de encontros formativos voltados para os professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O encontro, em formato totalmente online, foi aberto para profissionais de outras modalidades de ensino, bem como os 2.690 alunos da EJA, que foram convidados a acompanhar a transmissão.

O evento teve como tema “Arte, Multiculturalidade e Decolonialização Cultural”, e contou com a participação do músico detentor do título de “1º Violonista do Ranking Mundial” Robson Miguel, do artista visual, professor, ilustrador e escritor Diogo Nogue, do artista plástico, professor de artes e assistente pedagógico na Educação de Jovens e Adultos Rogério Alves de Oliveira, e da professora de Artes da Educação de Jovens e Adultos Francine Machado de Mendonça, convidados especialmente para a atividade.

O tema escolhido para esta última atividade do ano proporcionou reflexões sobre a arte e a multiculturalidade, ressaltando a importância das linguagens artísticas no ambiente escolar e promoveu importantes discussões a respeito das histórias de poder procedentes da Europa e como estas permeiam o currículo escolar, processo chamado de decolonialização.

“Ao refletir sobre as diferentes culturas, ampliamos o estudo, olhamos para as diferenças e trazemos não apenas a aplicação da Lei 10.639 (que estabelece a obrigatoriedade do ensino de "história e cultura afro-brasileira" ) mas contextualizamos nas disciplinas e na integração delas um cenário social que faz sentido para os estudantes da EJA e para todos os estudantes da educação infantil e fundamental ”, acrescentou a diretora do departamento de Educação de Jovens e Adultos, Maria Alice Bassoli Napoleão.

Cerca de 4 mil acessos foram registrados nos seis encontros do programa Diálogos em Rede, implementado para atuar na formação de permanente dos professores da Rede Municipal de Ensino. Participaram das atividades professores (as), equipes gestoras e pessoas convidadas, que contribuíram com visões e experiências complementares. Nos encontros foram abordados os diferentes assuntos envolvendo o Currículo Integrado da EJA, metodologias e organização.

“Em todos os encontros contamos com a participação de convidados especialistas e de profissionais da secretaria, para dessa forma realizar uma conversa que contasse com as análises de quem está fora da secretaria sobre os temas, e as informações de quem vivencia a o cotidiano da nossa rede. O resultado dessa troca será o aprimoramento ao atendimento do aluno. Esse é o diálogo que o nome do programa propõe”, destacou.

"O programa é um espaço para a gente 'pensar em voz alta', porque geralmente pesquisamos e atualizamos nossos próprios projetos de trabalho, mas trocando com os colegas, afastamos temporariamente da aridez escolar, nos inspiramos e renovamos nossa prática", acrescentou a professora de Artes da Educação de Jovens e Adultos, Francine Machado.

Os temas abordados nos encontros foram Inovação com responsabilidade social: A experiência Amorim Lima e Armando Mazzo; O aluno na centralidade do processo: a personalização do ensino em perspectiva; A construção de boas situações de aprendizagem: os multiletramentos e o trabalho colaborativo; O currículo na Educação Popular com Professor Doutor Antonio Fernando Gouveia Silva; O currículo na Educação Popular com Professor Doutor Antonio Fernando Gouveia Silva e Acolhendo a Diversidade na Educação de Jovens e Adultos.

"Estamos em um processo constante de aprendizado e evolução, como educador, como artista e como cidadão. É sempre muito bom compor com os demais colegas para debater, refletir e construir possíveis caminhos e contribuir para uma Educação de qualidade", concluiu o assistente pedagógico da EJA, Rogério Oliveira.

 

Texto: Paola Zanei

Foto:Divulgação

Última modificação emSábado, 27 Novembro 2021 11:14

Itens relacionados (por tag)

ATENDIMENTO
1 - Atendimento Presencial da Praça de Atendimento do Paço Municipal
Atendimento realizado mediante agendamento prévio pelo Portal de Serviços\Agendamentos ou pelo atendimento telefônico nos números 156 ou 0800 019 19 44
Prédio da Prefeitura Municipal - Praça IV Centenário,01 Térreo I , Centro
Horário: de segunda a sexta-feira das 07h as 18:45h.

2 - Atendimento Presencial Descentralizado
. Posto de Atendimento Paranapiacaba - Avenida Antônio Francisco de Paula Souza, s/n, Parte Baixa – Horário: de segunda a sexta feira 09h as 15h. Agendamento e Informações: 4439-1300
. Posto de Atendimento Parque Andreense - Rodovia Índio Tibiriçá, km 39,5, Parque Andreense – Horário: de segunda a sexta feira 09h as 15h. Agendamento: 4439-5005; Informações: 4439.5000 ou 4439-6542

3 - Atendimento Telefônico
. 156 ou 0800-0191944 - PABX: 4433-0111 - Horário: de segunda a sexta feira 08h as 17h.