Logo 5 2017

Menu

Programa Moeda Pet troca garrafas plásticas por ração animal em Santo André

Ração pode ser doada para ONGs que cuidam do bem estar animal Ração pode ser doada para ONGs que cuidam do bem estar animal Alex Cavanha

Objetivo da Secretaria de Meio Ambiente é arrecadar material reciclável e estimular o bem estar animal; primeira ação será no próximo domingo (1º), no Parque Central

Santo André, 26 de noemvbro de 2019 – Em uma iniciativa inédita no ABC, a Prefeitura de Santo André vai lançar no próximo domingo (1º) o programa Moeda Pet, que prevê a troca de 1 kg de garrafas plásticas por 1 kg de ração para cachorro ou gato. A primeira edição do programa ocorrerá das 10h às 15h, durante a Feira de Adoção “Eu Amo, Eu Adoto!”, no Parque Central.

O ponto de troca será montado na Tenda Azul do parque. Vinte garrafas pet de dois litros, ou 26 de um litro, equivalem a um quilo de ração. “O munícipe pode levar para casa o alimento pet ou doá-lo a ONGs que tratam da causa animal”, explica o diretor do Departamento de Proteção e Bem Estar Animal de Santo André, José Henrique Mioto.

O Programa Moeda Pet conta com parceria da Pure Instinct Alimentos para pets, que irá doar 150 kg de ração para cachorro e 50 kg para gato por ação. O termo de cooperação da empresa com a Prefeitura prevê um evento por mês, durante seis meses, e a possibilidade de mais três encontros esporádicos. “As seis primeiras etapas acontecem sempre no Parque Central, junto com a feira de adoção, e podemos renovar o termo de parceria por mais seis meses”, conta o secretário de Meio Ambiente de Santo André, Fabio Picarelli.

Além de atuar na causa animal, provendo alimentos para animais domésticos e para ONGs que lidam com o bem estar animal, o programa Moeda Pet retira das ruas garrafas plásticas, atuando diretamente na proteção do meio ambiente. “Santo André realiza coleta seletiva e possui outros programas, entretanto, sabe-se que muito se perde e acaba parando indevidamente no aterro sanitário. Com o Moeda Pet ganha o ambiente, a sociedade e ganham os animais”, reforça Picarelli.

A ação do Departamento de Proteção e Bem Estar Animal conta com o apoio do Departamento de Vigilância à Saúde (DVS), do Fundo Social de Solidariedade, do Banco de Rações e do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), que encaminha todo o material arrecadado para as cooperativas de reciclagem.

“Esse tipo de iniciativa fortalece o compromisso da Prefeitura de Santo André e do Fundo Social de Solidariedade com a causa animal, aliando o cuidado com o meio ambiente com o bem estar dos pets da cidade”, reforça a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Rossi Barreto Serra.

| Texto: Paola Zanei
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / 4433-0133
| Fotos: Alex Cavanha e Angelo Baima

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo