Logo 5 2017

 

Menu

Sabesp inicia obra que levará água a bairro de Santo André abastecido com caminhão-pipa

Sabesp inicia obra que levará água a bairro de Santo André abastecido com caminhão-pipa


Companhia vai assentar 16 km de tubulações para abastecer moradores do Parque América que hoje são atendidos por caminhões-pipa ou de forma irregular

Santo André, 30 de agosto de 2019 - A Sabesp deu início à sua segunda obra para melhorar a distribuição de água para a população de Santo André. A Companhia começou a implantar nesta semana novas redes de água no Parque América, próximo à divisa com Rio Grande da Serra. Esse trabalho vai pôr fim ao abastecimento que hoje é feito com caminhões-pipa ou de forma irregular, levando água às torneiras das casas e mais qualidade de vida para cada morador. A obra será concluída até o final de novembro de 2019, com investimento de R$ 5,1 milhões.

Nesta sexta-feira (30), o prefeito Paulo Serra e o superintendente da Unidade Centro da Sabesp, Roberval Tavares de Souza, vistoriaram as obras. A nova rede atenderá diversas vias do bairro, como as ruas Limeira, Maria Cristina Norma, Campinas e Carlos Nóbrega Teixeira, entre outras, estendendo-se por 16 quilômetros. Também serão instalados os ramais para ligar os imóveis à rede, o que representará um novo momento na vida dos moradores. Ao deixar de abastecer as caixas-d’água e demais reservatórios com caminhões-pipa e passar a receber água diretamente da Sabesp, a população passa a dispor de um serviço de mais qualidade, sem depender de horários dos veículos que hoje fazem o transporte. As famílias também terão hidrômetros em seus imóveis e conta de água pelo consumo efetivo e ainda como comprovante de residência.

“Estamos fazendo as novas ligações de água, levando água para todas as regiões da cidade. Temos duas frentes de obra: uma para melhorar a qualidade da distribuição e outra para levar água onde não tem. Com essa obra regularizamos toda a região do Parque América, depois vamos para o Clube de Campo, Recreio da Borda do Campo e Parque Andreense, todas essas regiões da cidade receberão uma nova rede. Agradeço à Sabesp e a todos os funcionários do Semasa por esta parceria”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

Os trabalhos no Parque América marcam o início da segunda obra da Sabesp em Santo André, desde que a Companhia assinou o contrato de prestação de serviço de água e esgoto com a prefeitura em 31 de julho. Em 20 de agosto, a Sabesp já havia iniciado a duplicação da adutora de 600 mm que abastece o setor Erasmo Assunção. Esse empreendimento vai dar maior segurança operacional de abastecimento ao município e eliminar as ocorrências de falta d’água na região e setor atendido pela reservação Erasmo, com benefícios para 160 mil pessoas e previsão de conclusão na segunda quinzena de novembro.

Em 3 de setembro, a Companhia vai iniciar os trabalhos de interligação da adutora de 1.500 mm no bairro Camilópolis, melhorando o abastecimento de cerca de 240 mil pessoas do município. Todas essas iniciativas fazem parte do primeiro pacote de obras da Sabesp para Santo André, com investimento de R$ 21 milhões. Outras obras serão anunciadas em setembro, obedecendo a um planejamento para encerrar a falta d’água em Santo André até o final de dezembro de 2019. A Companhia também está inovando na identificação de todos os seus empreendimentos na cidade: além das informações sobre o trabalho em execução, as placas nos canteiros de obras têm um QR Code pelo qual o cidadão poderá utilizar o celular para acessar um vídeo com mais detalhes sobre a obra em questão.

O contrato da Sabesp com a prefeitura por 40 anos prevê investimento em Santo André de cerca de R$ 917 milhões durante o período. O município também vai receber da Companhia recursos transferidos ao Fundo Municipal de Saneamento (FMSA) num total de R$ 622 milhões, o que eleva o investimento para R$ 1,539 bilhão.

A Sabesp também realizará obras que vão elevar o tratamento de esgoto do Município dos atuais 42% para 75% em três anos. Esse trabalho vai melhorar as condições de córregos como Guarará e Carapetuba, levando mais qualidade de vida para a região. A Sabesp prevê a redução de perdas de 45% para 35% até 2022, economizando 2 bilhões de litros de água, volume que equivale ao abastecimento de 10 mil imóveis. O investimento no combate a perdas será de R$ 44 milhões.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo