Logo 5 2017

 

Menu

Prefeitura participa de reunião para criação de Centro de Ferramentaria

Prefeitura participa de reunião para criação de Centro de Ferramentaria

Evento no Consórcio Intermunicipal contou com a presença de representantes das sete cidades para debater ações da Rota 2030

Em reunião realizada nesta segunda-feira (15), no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, a Prefeitura de Santo André reiterou o desejo da criação de um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Ferramentaria na região, como parte do programa Rota 2030. A cidade já disponibilizou oficialmente áreas do Parque Tecnológico do município para recebimento desta e de outras estruturas ligadas a iniciativa.

O evento contou com a presença do secretário de Desenvolvimento e Geração de Empregos, Evandro Banzato, além de representantes do poder público municipal das sete cidades, de instituições de ensino técnico voltado para a área, associações comerciais e industriais da região, empresas do setor e sindicatos.

De acordo com Banzato, Santo André e as demais cidades do ABC estão completamente aptas a receberem os recursos federais. “Nossa região tem que exigir que os investimentos venham para cá. Temos áreas disponíveis e infraestrutura, além de um potencial riquíssimo. Nos colocamos à disposição do Governo Federal”, disse.

Os agentes do setor farão novo encontro na próxima sexta-feira (19), para realizar a formatação de um documento técnico que será protocolado no Ministério da Economia. O texto então também será encaminhado para o prefeito de Santo André e presidente do Consórcio ABC, Paulo Serra, que junto com os demais chefes dos Executivos municipais planejam ir à Brasília para uma agenda com o ministro da Economia, Paulo Guedes, responsável pelo programa Rota 2030.

A união entre as sete cidades, além do setor produtivo e instituições de ensino e pesquisa, também são fatores importantes para que a região colha bons frutos, segundo o secretário. “Nós precisamos nos mobilizar. Temos que reforçar a importância de formalizarmos o documento em Brasília para que a região seja contemplada com todos os investimentos que estão por vir. Na região não nos faltam recursos, nos faltam bons projetos construídos a quatro mãos, não de maneira isolada. Só assim vamos construir o futuro que a gente quer”, afirmou.

Texto. Renan Muniz

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo