Logo 5 2017

 

Menu

Avenida Santos Dumont ganha novo visual com grafites

Avenida Santos Dumont ganha novo visual com grafites

Principais marcos simbólicos da cidade estão representados com trabalhos realizados através do projeto Arte Urbana

Santo André, 1º de julho de 2019 – Os principais marcos simbólicos da cidade, como a Vila de Paranapiacaba, a Sabina, o artista Luiz Sacilotto e o Paço Municipal estão entre as imagens dos novos grafites da avenida Santos Dumont. O trabalho integra o projeto ‘Arte Urbana – Marcos Simbólicos de Santo André’, uma iniciativa da Secretaria de Cultura da cidade.

As obras foram realizadas por quatro artistas selecionados através de uma convocatória pública. Foram selecionados os projetos de Odirlei Regazzo, de Santo André, Denner Alves e Tiago Toes, de São Bernardo, e de Gleydston Barba, do Rio de Janeiro. "A iniciativa pretende difundir o patrimônio cultural, artístico, material e imaterial de Santo André mediante a promoção e o apoio da arte pública e a da street art, além de valorizar a paisagem urbana da cidade", afirmou Reinaldo Botelho, do Núcleo de Artes Visuais da Secretaria de Cultura e responsável pelo projeto.

Seguindo as determinações da convocatória, os artistas participantes representaram artisticamente os principais marcos simbólicos da cidade, tais como a Vila de Paranapiacaba, os parques públicos, a Sabina - Escola Parque do Conhecimento, o artista Luiz Sacilotto, os monumentos ao Imigrante e ao Trabalhador, o Paço Municipal e o calçadão da rua Oliveira Lima, num total de 10 locais. Também estão representados em sua dimensão simbólica o fruto do Cambuci e os grafismos das calçadas da cidade.

Números - Os projetos foram realizados nos fins de semana de 14 a 30 de junho, num total de 192 horas de trabalho. Foram pintados 2.652 metros de muros e paredes do Viaduto Santos Dumont. Para a realização, foram utilizados 1.152 litros de tinta e 680 latas de spray. Os quatro artistas contaram com o auxilio de 18 colaboradores.

| Texto: Marcos Imbrizi           
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo