Menu

Logo 5 2017 SemSlogan

Tecnologias na Educação

Tecnologias na  Educação e Inclusão Digital
Santo André foi um dos primeiros municípios do país a investir em computadores como instrumentos de ação pedagógica, com o objetivo de aprimorar a qualidade da Educação.
Para isso, teve início em 1997 o projeto Laboratórios Pedagógicos de Informática com a instalação dos primeiros equipamentos para uso de alunos e professores nas escolas municipais. A proposta era integrar as atividades,  elaboradas a partir das características de cada grupo de alunos e coordenadas pelos próprios professores, ao plano escolar.

Desde 2013, as EMEIEFs andreenses contam com o auxílio de monitores de Inclusão Digital que atuam em conjunto com os professores para contribuir para um melhor desenvolvimento dos alunos no uso das tecnologias.

Em 2014, contnuamos nossa parceria com a Fundação Lemann para  elaborar propostas de atividades matemática específicas para alunos do Segundo Ciclo do Ensino Fundamental (4º e 5º ano). Iniciado em seis Unidades Escolares, o projeto será implementado gradativamente em todas as 51 Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEFs).

X-mail-no-LabbJá a ferramenta de aprendizagem Mistério dos Sonhos é uma parceria entre a Secretaria de Educação de Santo André e a empresa de software Xmile Learning. Nosso município será o único participante do projeto que terá o programa de aprendizagem implantado em todas escolas da rede pública. Os demais trabalharão apenas com cinco escolas piloto cada.

Voltado para o Primeiro Ciclo do Ensino Fundamental, no Mistério dos Sonhos a criança se envolve com jogos interativos onde os objetivos de aprendizagem são diluídos nos desafios, de maneira interdisciplinar. A ferramenta trabalha o conteúdo do ciclo de alfabetização, ou seja, foca no aprendizado, principalmente, da Língua Portuguesa e Matemática, e também aborda conceitos de Ciências Humanas e da Natureza.

O município conta ainda com quatro telecentros do projeto Rede Cidadania de Inclusão Digital,  que tem por objetivo disponibilizar  o acesso ao uso dos computadores para a população. Esses espaços contam com monitores de Inclusão Digital que oferecem oficinas de informática e acompanham os momentos de acesso livre dos munícipes.