O gerador de Van de Graaff é uma máquina eletrostática que foi inventada pelo engenheiro estado-unidense descendente de holandeses, Robert Jemison Van de Graaff por volta de 1929, para conseguir altas tensões. O primeiro modelo de gerador, que acabou por receber o nome de Gerador de Van de Graaff em sua homenagem, tem larga aplicação na física atômica como também na medicina e na indústria. Nos laboratórios de ensino médio e superior utilizam-se modelos simplificados desse gerador para fins de demonstrações de eletricidade.

O gerador de Van de Graaff funciona através da movimentação de uma correia que é eletrizada por atrito na parte inferior do aparelho. Ao atingir a parte superior as cargas elétricas, que surgiram com o processo de eletrização, são transferidas para a superfície interna do metal, sendo então distribuídas para toda a superfície da esfera metálica, ficando carregada de cargas elétricas. Se durante o funcionamento do gerador aproximarmos o dedo ou um objeto de metal perceberemos leves descargas elétricas que ocorrem em razão da diferença de potencial.

Esse gerador é composto por:

• Um motor;
• Dois cilindros;
• Um conjunto de correias;
• Um conjunto de escovas;
• Um terminal de saída, que na maioria das vezes é uma grande esfera de metal ou de alumínio.

Fonte:
Wikipedia / Mundo Educação / Info Escola

Links Interessantes

 

Videos

 

 

Voltar para EXPERIMENTOS