Logo 5 2017

 

Menu
Tiago Oliveira

Tiago Oliveira

GCM de Santo André reforça segurança em centros comerciais e pontos de ônibus

Operações Papai Noel e Ponto Seguro tiveram início nesta terça-feira

Santo André, 5 de dezembro de 2017 – A Prefeitura de Santo André, através da Secretaria de Segurança Cidadã, deu início nesta terça-feira (5) a duas novas operações: a Papai Noel e a Ponto Seguro. A Operação Papai Noel será realizada durante o mês de dezembro e irá atuar nos principais centros comerciais, como a rua Cel. Oliveira Lima, rua Carijós, alameda Vieira de Carvalho e vias da Vila Luzita e Camilópolis. Com o aumento do fluxo de pessoas nesta época do ano nos comércios, é necessário reforçar a presença policial e da segurança nesses centros, que contam com um grande número de estabelecimentos.

Já a Operação Ponto Seguro funcionará de forma permanente e atuará nos pontos de ônibus da cidade, em parceria com a Polícia Militar e a Polícia Civil, com foco na proteção ao trabalhador que precisa pegar transporte coletivo muito cedo. “A Operação Ponto Seguro é uma operação de segurança que vai cuidar especificamente dos trabalhadores nos pontos de ônibus, que hoje é uma grande demanda que a gente tem, infelizmente aumentou muito na região do ABC a ocorrência de pequenos furtos e roubos nos pontos de ônibus, logo no início da manhã”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

O secretário de Segurança Cidadã, Edson Sardano, explica que o reforço na atuação de GCMs no final de ano visa coibir crimes típicos dessa época. “Essa operação é uma tradição, normalmente atendida exclusivamente pelas polícias estaduais, e nós estamos nos envolvendo nisso. A gente sabe que nesse período as pessoas vêm fazer suas compras, recebem o 13º salário, então aumenta a possibilidade de um furto, de um roubo, alguma coisa mais invasiva, mais agressiva, em função do maior movimento, maior circulação de dinheiro. Nós estamos com essa operação para reduzir, não temos a pretensão de acabar com 100%, mas temos a certeza absoluta que a nossa presença reduz e muito a possibilidade da ocorrência de um delito desses, é mais uma atuação da esfera municipal nesse importante setor que é a segurança pública”, afirmou.

Além das sete mil horas extras empregadas na Operação Delegada, a Guarda Civil Municipal contará com mais duas mil voltadas a estas duas operações.


Texto: Daniele Vieira
Fotos: Ricardo Trida/PSA

Santo André adota novo padrão para ligação de água nos imóveis da cidade

Novo equipamento proporciona mais segurança contra violações e vazamentos do conjunto cavalete/hidrômetro

Santo André, 4 de dezembro de 2017 – Buscando sempre melhorar os serviços oferecidos aos usuários, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) passa a adotar um novo padrão para as novas ligações de água do município. Agora o conjunto do cavalete e hidrômetro ficará abrigado dentro de uma caixa plástica de policarbonato, que será lacrada – a UMA (Unidade de Medição de Água).

A Caixa UMA foi adotada pela autarquia com o objetivo de proteger o hidrômetro de danos provenientes de intempéries, da própria ação do tempo, que poderia ocasionar vazamentos, e também de violações e depredações. A implantação da UMA também facilita o trabalho do leiturista, já que não há mais necessidade do agente adentrar o imóvel do usuário.

“Com a Caixa UMA, aumentamos a segurança para o munícipe, evitando que qualquer pessoa em nome do Semasa entre na residência. Outra vantagem é o aumento da vida útil do cavalete e do hidrômetro, porque a Caixa evita a  manipulação destes equipamentos por pessoas desinformadas”, disse o superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira.

O vice-prefeito Luiz Zacarias destacou a importância da Caixa UMA para uma leitura segura do consumo de água. “O leiturista não precisará pedir para entrar na casa. Hoje, muitas vezes, ele tem de tocar a campainha e esperar o morador abrir o portão. Às vezes não tem ninguém em casa e ele precisa voltar depois para fazer a leitura. Com a Caixa, também haverá mais a agilidade neste trabalho de leitura do consumo de água”, acrescentou.

Neste primeiro momento, o novo padrão será adotado apenas para as novas ligações de água de ¾”, individuais, que forem solicitadas nos Postos de Atendimento do Semasa, mesmo local onde o usuário fará a retirada da UMA. O seu valor poderá ser parcelado na conta de saneamento, como já ocorre atualmente com o conjunto de cavalete e hidrômetro, em até 6 vezes.

Todo o processo de instalação da caixa por parte do usuário consta de folheto explicativo que será entregue aos interessados durante o atendimento presencial e ficará disponível também no site do Semasa.

Este tipo de modelo para ligação de água já é amplamente usado por outras companhias de saneamento no Estado, como a própria Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental), em São Caetano do Sul, e a Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento), em Campinas.

Texto: Viviane Raymundi (Semasa)
Fotos: Divulgação/Semasa

Assinar este feed RSS