×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 195

Logo 5 2017

 

Menu

Vacinação contra HPV prossegue na rede municipal

A dose de HPV é aplicada em um dos braços da adolescente e não tem contra-indicação, segundo os especialistas A dose de HPV é aplicada em um dos braços da adolescente e não tem contra-indicação, segundo os especialistas Diego Barros/PSA

Secretaria de Saúde de Santo André pretende imunizar 13.578 meninas de 9 a 11 anos; as doses serão aplicadas nas 33 unidades de atenção básica

Acompanhe a Prefeitura de Santo André no Facebook e no twitter

Santo André, 13 de março de 2015 – As 33 unidades de saúde da rede de atenção básica de Santo André estão, desde terça-feira (10), de portas abertas para imunização contra o vírus HPV (papilomavírus humano). Neste ano, a faixa etária é de 9 a 11 anos, que representa 13.578 meninas no município. Em 2014, a primeira dose da vacina foi aplicada em adolescentes de 11 a 13 anos. O objetivo é proteger contra o câncer de colo de útero, segunda principal causa de morte entre mulheres no País.

A campanha, novamente, se dará em três etapas para as meninas de 9 a 11 anos. Após a primeira em março, a segunda ocorrerá seis meses depois – a partir de 1º de setembro. A última fase somente depois de cinco anos. No entanto, isso não impede que as adolescentes, entre 11 e 13 anos, que eventualmente não se imunizaram no ano passado, façam agora. Em 2016, todas as meninas, a partir de nove anos, serão imunizadas na rotina do calendário vacinal do Ministério da Saúde.

No ano passado, Santo André imunizou 14.287 adolescentes na primeira fase, o que representou 105,09% do inicialmente estabelecido (13.595). O HPV (papilomavírus humano) visa prevenir as verrugas genitais. O vírus, que possui cerca de 150 variações, pode permanecer no organismo durante anos sem apresentar sintomas, mas pode evoluir para cânceres. A transmissão ocorre por meio de relação sexual, pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas.

No município, a aplicação das doses ocorrerá, a princípio, nas 33 unidades básicas de Saúde, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A orientação é que os pais e/ou responsáveis procurem o posto de saúde referência de sua residência.

HIV/AIDS – Outra novidade da campanha será a extensão da imunização para 33 mil meninas e mulheres no Brasil, entre 9 e 26 anos, com HIV/AIDS. Em Santo André, as soropositivas, que se encaixarem nessa faixa etária, deverão se dirigir ao Armi (Ambulatório de Referência para Moléstias Infecciosas), localizado na Rua das Silveiras, 73, na Vila Guiomar. Ali, a dose será aplicada na sala da vacina, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Segundo a psicóloga Débora Vichessi, coordenadora do Armi, essa população foi incorporada devido à maior facilidade de infecção pelo HPV, exatamente pela redução da eficiência do sistema imunológico decorrente do HIV, conforme demonstram vários estudos.

Neste grupo, o esquema vacinal adotado pelo Ministério da Saúde será mais curto: a primeira dose em março; a segunda aplicada após dois meses (maio) e a terceira, seis meses depois da primeira (setembro). A Secretaria de Saúde não dispõe do número de soropositivas, nessa faixa etária, informatizado.

Sobre a Secretaria de Saúde

Com orçamento previsto de R$ 566.994 milhões para 2015, a Secretaria de Saúde tem destinado o maior valor da peça orçamentária da Prefeitura de Santo André. O governo tem na Pasta uma de suas prioridades, inclusive com a construção de novos equipamentos públicos aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

A rede de saúde municipal é composta por 33 USs (Unidades de Saúde); dois hospitais (Centro Hospitalar Municipal e Hospital da Mulher); três UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) 24 horas; quatro PAs (Prontos Atendimentos) 24 horas; três Centros de Especialidades Médicas; um Centro de Reabilitação Municipal; dois Centros de Especialidades Odontológicas; um Ambulatório de Moléstias Infecciosas; um Centro de Referência de Saúde do Trabalhador, um Centro de Terapia Comunitária e um laboratório de análises clínicas, além do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Na área de Saúde Mental, são quatro Naps (Núcleos de Atenção Psicossocial), um Caps (Centros de Atenção Psicossocial), quatro residências terapêuticas, duas repúblicas terapêuticas, um consultório na rua (veículo), um Centro de Atenção à Saúde Mental e um Núcleo de Projetos Especiais. Na diretoria de Vigilância à Saúde, o município dispõe de divisões de Vigilância Sanitária; Epidemiológica; Saúde do Trabalhador e Controle de Zoonoses e Ambiental.

A Secretaria de Saúde trabalha em parceria com a Faculdade de Medicina da Fundação do ABC, que oferece vários serviços e atendimentos à população. A Pasta também oferece apoio diagnóstico e terapêutico, desde municipal até terceirizado, por meio de contratos e convênios.

A respeito de Santo André

A Vila de Santo André da Borda do Campo foi fundada em 8 de abril de 1553 e extinta em 1560. A localidade passou a ser parte do município de São Paulo e apenas em 1889 é que a região passou a ter um município com nome de São Bernardo. Este abrigava todo o ABC, e com a transferência de sede em 1939 passou a ser denominado Santo André. Este nome permaneceu, e após diversas emancipações de distritos, em 1953, o município de Santo André passou a ter a área atual de 174,38 km².

Localiza-se no ABC paulista (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último Censo, divulgado em 2010, com estimativa para 2014, Santo André possui 707.613 habitantes. No ano de 2012, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 18,085 bilhões, sendo o 32º maior do País e o 12º maior entre as cidades do Estado de São Paulo.

Mais informações para a imprensa
Elaine Granconato – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação emSexta, 13 Março 2015 08:18

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor