Logo 5 2017

 

Menu

Prefeitura utiliza ensino à distância para qualificar jovens servidores

Funcionários de diversas secretarias iniciarão curso de Gestão Pública para Jovens Servidores via intenet

A Prefeitura de Santo André passará a utilizar a moderna ferramenta do ensino à distância a fim de qualificar seu quadro funcional. A partir desta quarta-feira, 1º de setembro, 30 servidores de diversas secretarias de governo iniciarão curso de Gestão Pública para Jovens Servidores ministrado totalmente via internet. Serão cinco módulos semanais de três horas cada, intercalados de encontros em ambiente virtual para troca de informações e esclarecimentos de dúvidas – a chamada tutoria online.

A possibilidade da realização de um curso a partir do próprio local de trabalho, com a comodidade proporcionada pela tecnologia da informação e sem a necessidade de deslocamentos, é mais uma iniciativa do projeto Academia do Conhecimento, marca da administração do prefeito Aidan Ravin para a qualificação do quadro funcional.

O título Gestão Pública para Jovens Servidores é auto-explicativo. Para integrar este curso, foram selecionados funcionários com até 30 anos de idade, que trabalham na Prefeitura de Santo André há no máximo cinco anos e que, além destes requisitos, têm ensino superior completo ou incompleto.

 “Este é o primeiro curso voltado especificamente aos servidores estatutários. O objetivo é a retenção de talentos”, explica Tânia Moura, assistente do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Administração e Modernização e líder da Academia do Conhecimento.   

Senha individual
Cada aluno conta com uma senha individual para acessar os conteúdos dos módulos de estudo e para participar dos encontros semanais com o tutor em ambiente virtual. O tutor integra o corpo docente da Fundação Santo André, parceira do projeto. De acordo com Tânia Moura, o curso abordará fundamentos da gestão pública aplicados às especificidades da Prefeitura de Santo André. “Ao mesmo tempo, integrará os jovens servidores com a tecnologia de ensino a distância”, considera.

 Balanço
Desde seu lançamento, em setembro do ano passado, o projeto Academia do Conhecimento acumula 6.705 participantes que já concluíram pelo menos uma atividade. Destes, 1.180 são gestores, 1.364 são integrantes da Geração de Trabalho de Interesse Social (GTIS) e 4.161 são servidores técnicos e administrativos. O programa faz parte da política de valorização ao servidor implantada em Santo André pelo governo Dr. Aidan Ravin.

 Os 1.180 gestores concluíram três módulos do Programa de Desenvolvimento de Líderes. Cada módulo tem nove horas de duração, divididas em três aulas semanais de três horas cada – ministradas por professores da Fundação Santo André nas instalações da mesma instituição.

Dos 1.364 integrantes do GTIS (Grupo de Trabalho de Interesse Social), 1.312 participaram do módulo sobre Orientação Profissional, Cidadania e Qualidade de Vida, com 20 horas ministradas por professores da Fundação Santo André em postos de treinamento espalhados pela cidade, nas proximidades dos locais de trabalho.

Além disso, 26 integrantes da GTIS tiveram qualificação profissional nas áreas de eletricista e pedreiro, e outros 26 participaram de cursos de alfabetização. 

Do total de 4.161 servidores técnicos e administrativos, 3.864 tiveram aulas magnas com duas horas e meia de duração sobre o tema Trabalho em Equipe e 297 já participaram, desde maio deste ano, de dois módulos do Programa de Desenvolvimento de Líderes.  

“A Academia do Conhecimento nasceu da convicção de que o desenvolvimento dos servidores reflete na qualidade dos serviços prestados aos munícipes. Nossa meta é transformar o projeto em referência nacional“, afirma o secretário de Administração e Modernização, Jorge Guzo.

 

André Marcel de Lima

 

Última modificação emQuarta, 01 Setembro 2010 09:29

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor