Logo 5 2017

 

Menu

Projeto Academia do Conhecimento treina 3,9 mil servidores em 2009

Balanço recém-concluído pela Secretaria de Administração e Modernização da Prefeitura de Santo André mostra que 3,9 mil servidores participaram em 2009 do Projeto Academia do Conhecimento, programa inovador de desenvolvimento e capacitação profissional no âmbito da administração pública brasileira.

[img_assist|nid=1555|title=Curso de liderança é um dos cursos|desc=|link=node|align=left|width=640|height=425]O número representa praticamente a metade dos 8,5 mil servidores que compõem a chamada administração direta, incluindo os integrantes da Geração de Trabalho de Interesse Social (GTIS), composta por funcionários que cuidam de tarefas como varrição, jardinagem e limpeza. 

Dos 3,9 mil servidores que começaram a ser treinados no ano passado, 500 são secretários, secretários adjuntos, diretores, assistentes de diretores, gerentes, coordenadores e  encarregados que participaram do Programa de Formação de Líderes, com três cursos de nove horas de duração cada um. Estes cursos foram realizados na Fundação Santo André, parceira do projeto.

Além disso, 700 integrantes da GTIS passaram por módulo de orientação profissional, cidadania e qualidade de vida, com 20 horas de duração, realizado em diversos espaços públicos próximos dos locais onde trabalham.

Outros 2700 servidores técnicos, administrativos e operacionais foram contemplados com 12 aulas magnas de duas horas e meia de duração, realizadas no salão social do Primeiro de Maio Futebol Clube.   

“Foram 33 mil horas/homem de treinamento entre 5 de outubro e 15 de dezembro de 2009”, contabiliza Tânia Mara Gomes Moura, líder do Projeto e assistente de direção do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Administração e Modernização.    

Alfabetização
Para 2010, o Projeto Academia do Conhecimento reserva muitas novidades, entre as quais programa específico para o desenvolvimento de jovens servidores e programa de alfabetização e supletivo para os integrantes da GTIS.

“Os trabalhadores da GTIS permanecem por dois anos na Prefeitura. Por isso, queremos proporcionar-lhes condições mínimas de empregabilidade”, explica o secretário de Administração e Modernização, Jorge Guzo.

O Projeto Academia do Conhecimento retoma atividades em 22 de fevereiro.

Sobre o Projeto Academia do Conhecimento
Marca da administração Aidan Ravin para a valorização do servidor, o Projeto Academia do Conhecimento é inovador no universo da administração pública brasileira.
 
Seu objetivo é proporcionar oportunidades de desenvolvimento e qualificação profissional aos funcionários da Prefeitura de Santo André por intermédio da oferta de programas que contemplam os mais diversos níveis hierárquicos.

Parceiros
Concebido pela Secretaria de Administração e Modernização de Santo André em parceria com a Secretaria de Educação e Formação Profissional e com o Centro Universitário Fundação Santo André, o projeto Academia do Conhecimento tem os seguintes parceiros: Sesi, Senai, Senac, Ciesp, Acisa, Caixa Econômica Federal, jornais DCI e Diário do Grande ABC, Coop, Strong Educacional, FGV, Universidade Federal do ABC, UniABC, Universidade Metodista e Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria e Centro Universitário Fundação Santo André.

André Lima
25/01/2010

Última modificação emSegunda, 07 Junho 2010 20:27

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo