Logo 5 2017

 

Menu

Prefeitura e Governo do Estado entregam 1.092 escrituras a moradores do Núcleo Capuava

Prefeitura e Governo do Estado entregam 1.092 escrituras a moradores do Núcleo Capuava Helber Ággio/PSA

Iniciativa tem como objetivo diminuir o déficit habitacional de famílias com baixa renda

Santo André, 13 de abril de 2019 – Na tarde deste sábado (13), a Prefeitura de Santo André realizou a entrega de matrículas das unidades do Conjunto Habitacional de Interesse Social do Núcleo Capuava. A iniciativa, em parceria com o Governo do Estado, marca o processo de regularização de famílias que residiam no local de maneira informal.

Com a entrega foram regularizadas 1.092 moradias, que correspondiam à totalidade de áreas irregulares da região. O prefeito Paulo Serra e o governador João Doria participaram do evento, realizado na creche Gonzaguinha, no Parque Erasmo Assunção.

O prefeito Paulo Serra destacou que a política pública de regularização de escrituras dá dignidade para a população. “Respeito para as nossas pessoas. Estamos fazendo história nesta data e vemos que a cidade renasceu e produz boas políticas públicas em diversas áreas. Hoje entregamos mais de mil escrituras, de uma espera de mais de 20 anos dessas famílias que não tinham a sua dignidade integral enquanto não estavam com esse título de propriedade. Estamos trabalhando todos os dias, implementando um padrão de qualidade superior na área da habitação”, destacou.

A ação de regularização de escrituras é inédita em Santo André e já entregou a titularidade nos conjuntos habitacionais Alzira Franco I, Catiguá, Itatiaia, Graciliano Ramos, Alemanha e Guaratinguetá, totalizando mais de 1,5 mil unidades. A medida tem o objetivo de diminuir o déficit habitacional de famílias com baixa renda, efetivando a regularização fundiária em diversas áreas da cidade, garantindo assim o tão sonhado documento que garante a titularidade do imóvel e que proporciona maior segurança às famílias.

O governador João Doria ressaltou que a entrega de 1.092 títulos de propriedade fez uma grande diferença na vida dos moradores de Santo André. “Aprendi isso com Mário Covas, fiz isso na Prefeitura de São Paulo e agora estamos continuando essa política no governo estadual. Sempre estaremos ao lado da população, oferecendo habitação popular a cada vez mais pessoas. Em menos de 100 dias já entregamos habitações populares em todo o estado de São Paulo e nossa política não será diferente aqui”, afirmou.

Moradora do bairro há 10 anos, Carmem Araújo Estorine, de 59 anos, veio para a região quando comprou a sua atual residência da sua sobrinha. “Quando eu comprei a casa da minha sobrinha eu já sabia que esta área não era regularizada. Agora, com a entrega dessas escrituras, temos uma segurança muito grande, pois sabemos que vamos viver de fato em algo que é nosso. Gosto muito do meu bairro, tem tudo perto e com esse reconhecimento da propriedade ficou melhor ainda”, comemorou.

O Núcleo Capuava se formou a partir de uma ocupação espontânea ocorrida no final da década de 1970, em áreas públicas e particulares. O desenvolvimento industrial da região, particularmente do Polo Petroquímico, provocou intensiva migração para o local, devido à alta dos aluguéis e valorização dos terrenos do entorno. A região possui uma população estimada de 30.830 habitantes.

Texto: Daniel Betega

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo