Logo 5 2017

 

Menu

Santo André inicia força-tarefa noturna para zerar fila de consultas com gastroenterologista Destaque

Santo André inicia força-tarefa noturna para zerar fila de consultas com gastroenterologista

Iniciativa do Saúde Fila Zero, realizada no Centro Hospitalar Municipal, beneficiará cerca de 1,6 mil pessoas

Santo André, 11 de abril de 2019 - A Prefeitura de Santo André iniciou nesta semana mais uma força-tarefa no Centro Médico de Especialidades do Centro Hospitalar Municipal Dr. Newton da Costa Brandão (CHM), desta vez para zerar a fila de espera por consultas na área de gastroenterologia. A iniciativa, realizada entre os dias 9 e 12 de abril, das 17h às 22h, visa normalizar a realização de consultas que hoje possuem demanda reprimida.

 “Mais um grande esforço da nossa gestão para zerar a fila de espera por consultas e exames na nossa cidade. A força-tarefa na especialidade de gastroenterologia garante a efetividade do programa Saúde Fila Zero, com atendimento ágil e de qualidade, dentro do novo padrão que estamos imprimindo na saúde de Santo André", enfatizou o prefeito Paulo Serra.

 Para garantir efetividade e agilidade aos atendimentos, a organização desta força-tarefa foi dividida em três etapas. Após o primeiro atendimento, se necessário, os pacientes serão encaminhados para realizar exames de diagnóstico e retorno médico para efetivar a alta, ou serão direcionados à rede de atenção especializada para acompanhamento.

 Cerca de 70% dos problemas gástricos são ocasionados por maus hábitos alimentares. Por esse motivo, como uma forma de complementar o atendimento prestado, além da consulta os pacientes atendidos tiveram orientação das nutricionistas sobre alimentação saudável e a correta higienização dos alimentos.

 “Eu já tenho gastrite e não cuido. Então pedi para a médica me encaminhar para o gastro para ver o que ele pode fazer por mim, pedir exame ou me orientar sobre o que eu estou comendo e que está me fazendo mal. O médico me passou remédio e a nutricionista me passou uma dieta. Seguindo a dieta direitinho eu vou ficar bem e não vou precisar voltar no médico”, comentou a moradora do Parque Novo Oratório, Rosangela de Araujo Torres, de 40 anos.

 Todos os pacientes foram agendados respeitando a ordem cronológica da fila de espera. Essa é a segunda força-tarefa realizada neste mês. Até o final de abril, novas iniciativas serão realizadas para zerar a fila de outras especialidades.

Histórico - O Programa Saúde Fila Zero foi lançado em 2017 com objetivo de zerar a fila de espera por consultas, exames e melhorar o fluxo de atendimento das demandas na área da Saúde. Em 2018, foram realizados mais de 400 mil procedimentos, como ultrassom, coleta de sangue e urina, consultas com dermatologista, neurologista adulto e pediátrico, endocrinologista e oftalmologista.

Texto: Rafaela Mazarin

Foto: Angelo Baima/PSA

 

Iniciativa do Saúde Fila Zero, realizada no Centro Hospitalar Municipal, beneficiará cerca de 1,6 mil pessoas

Santo André, 11 de abril de 2019 - A Prefeitura de Santo André iniciou nesta semana mais uma força-tarefa no Centro Médico de Especialidades do Centro Hospitalar Municipal Dr. Newton da Costa Brandão (CHM), desta vez para zerar a fila de espera por consultas na área de gastroenterologia. A iniciativa, realizada entre os dias 9 e 12 de abril, das 17h às 22h, visa normalizar a realização de consultas que hoje possuem demanda reprimida.

 

“Mais um grande esforço da nossa gestão para zerar a fila de espera por consultas e exames na nossa cidade. A força-tarefa na especialidade de gastroenterologia garante a efetividade do programa Saúde Fila Zero, com atendimento ágil e de qualidade, dentro do novo padrão que estamos imprimindo na saúde de Santo André", enfatizou o prefeito Paulo Serra.

 

Para garantir efetividade e agilidade aos atendimentos, a organização desta força-tarefa foi dividida em três etapas. Após o primeiro atendimento, se necessário, os pacientes serão encaminhados para realizar exames de diagnóstico e retorno médico para efetivar a alta, ou serão direcionados à rede de atenção especializada para acompanhamento.

 

Cerca de 70% dos problemas gástricos são ocasionados por maus hábitos alimentares. Por esse motivo, como uma forma de complementar o atendimento prestado, além da consulta os pacientes atendidos tiveram orientação das nutricionistas sobre alimentação saudável e a correta higienização dos alimentos.

 

“Eu já tenho gastrite e não cuido. Então pedi para a médica me encaminhar para o gastro para ver o que ele pode fazer por mim, pedir exame ou me orientar sobre o que eu estou comendo e que está me fazendo mal. O médico me passou remédio e a nutricionista me passou uma dieta. Seguindo a dieta direitinho eu vou ficar bem e não vou precisar voltar no médico”, comentou a moradora do Parque Novo Oratório, Rosangela de Araujo Torres, de 40 anos.

 

Todos os pacientes foram agendados respeitando a ordem cronológica da fila de espera. Essa é a segunda força-tarefa realizada neste mês. Até o final de abril, novas iniciativas serão realizadas para zerar a fila de outras especialidades.

 

Histórico - O Programa Saúde Fila Zero foi lançado em 2017 com objetivo de zerar a fila de espera por consultas, exames e melhorar o fluxo de atendimento das demandas na área da Saúde. Em 2018, foram realizados mais de 400 mil procedimentos, como ultrassom, coleta de sangue e urina, consultas com dermatologista, neurologista adulto e pediátrico, endocrinologista e oftalmologista.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo