Logo 5 2017

 

Menu

Santo André inicia “Operação De Volta pra Casa” para melhor fluidez no trânsito

Santo André inicia “Operação De Volta pra Casa” para melhor fluidez no trânsito

Iniciativa, realizada entre 16h e 20h, já traz redução do tempo de percurso em 45%

Santo André, 27 de novembro de 2018 – A Prefeitura de Santo André deu início a uma nova operação especial com o objetivo de melhorar o tráfego de veículos nas ruas e avenidas mais movimentadas da cidade entre 16h e 20h. Trata-se da “Operação De Volta pra Casa”, um desdobramento da Operação Fluidez, que funciona com a presença de agentes reordenando o tráfego e com readequações no tempo semafórico em horário específico.

O trabalho de implementação se deu inicialmente com um minucioso estudo e contagem volumétrica dos veículos nas principais vias da cidade. Após esta medição foi realizada uma estruturação das equipes de agentes de trânsito e definidos os principais pontos estratégicos que podem variar conforme a dinâmica do trânsito. 

A iniciativa, que teve início nesta semana, já mostra resultados. Isso porque a medição realizada pelo Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) no trecho entre o viaduto Juscelino Kubitschek e a avenida Santos Dumont (altura da avenida Firestone) aponta que depois da operação ser implementada houve uma redução do tempo de percurso no trecho em 45%.

As estruturas com cones, em uma extensão de 60 metros, são montadas no final do dia (tarde/noite), variando entre os locais analisados previamente. Entre os pontos que fazem parte da operação estão os principais trechos que apresentam lentidão no horário de pico: avenida Edson Danilo Dotto (Perimetral) e rua Coronel Alfredo Fláquer, sentido Mauá, das 16h às 20h, além da avenida Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello e rua Fernando Pessoa, das 16h às 19h.

A instalação dos cones proporciona o aumento de uma faixa de rolagem para a saída da Perimetral, que apresenta maior fluxo de veículos no horário de pico. A saída da Alfredo Fláquer, com um fluxo inferior à da Perimetral, segue neste trecho com uma faixa para veículos e a faixa de ônibus.

Outro ponto da operação acontece no encontro da avenida Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello e rua Fernando Pessoa, conduzindo o fluxo para a rua Paulo Sérgio. Esta intervenção reflete na melhora da fluidez na avenida Giovanni Battista Pirelli, sentido Mauá, na altura da avenida Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello.

Em harmonia com esta ação, o DET realiza ainda a readequação do tempo semafórico, com ajustes de sincronismo e no tempo de abertura destes equipamentos. A operação conta com o apoio de três guinchos que dão suporte em casos de chamados de urgência. Conta ainda com suporte da Central de Monitoramento de Trânsito (CMT), que atua com sistema independente de semáforos sincronizados e inteligentes, trabalhando em tempo real e monitorando cruzamentos na cidade.

O Departamento de Engenharia de Tráfego realiza ainda contagem de veículos e mede a velocidade do tráfego com ajustes automáticos dos tempos dos semáforos. Estas medições são feitas por câmeras e laços detectores físicos e virtuais.

Texto: Caroline Terzi  

Fotos: Helber Aggio/PSA

Última modificação emTerça, 27 Novembro 2018 18:11

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo