Logo 5 2017

 

Menu

Semasa inicia regularização das ligações de água no Núcleo Cruzado, no Jardim Santo André

Semasa inicia regularização das ligações de água no Núcleo Cruzado, no Jardim Santo André

Cerca de 700 casas terão instalação de hidrômetros e abastecimento de água por meio rede pública, evitando perdas e vazamentos

Santo André, 3 de outubro de 2018 – Em mais uma ação para melhorar o sistema de abastecimento da cidade e combater perdas e vazamentos de água, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) começou a regularizar as ligações de água no Núcleo Cruzado, no Jardim Santo André.

No último sábado de setembro, um mutirão foi realizado na comunidade para instalar hidrômetros nas residências e cadastrar as novas contas de água. Nesta primeira etapa, 76 imóveis da rua e da travessa da Visão foram beneficiados e, nos próximos meses, a previsão é de que sejam realizados outros mutirões para contemplar ao todo cerca de 700 moradias. 

Com o consumo de água calculado pelo hidrômetro ficará mais fácil para os moradores identificarem possíveis vazamentos. Outra vantagem da regularização do sistema é o aumento da segurança hídrica para a população, que agora vai receber água por meio de rede pública e não mais por redes provisórias expostas nas ruas. A regularização ainda minimiza o risco da inadimplência.

Para conscientizar a população, o Semasa fez várias visitas à comunidade e entregou panfletos com informações de como agir em casos de vazamentos e também para orientá-los sobre uso racional da água.

“Com a ativação das nossas contas de água a gente também vai passar a ter um documento que registre o nosso endereço. Além disso, outro benefício é que, com o pagamento da conta, podemos cobrar por melhorias”, disse Everaldo dos Santos Souza, que mora há três anos na comunidade.

As obras no sistema de abastecimento de água no Núcleo Cruzado são feitas pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano), responsável pela urbanização do Jardim Santo André, com aprovação e fiscalização do Semasa. 

Texto: Viviane Raymundi
Fotos: Divulgação/Semasa

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo