Logo 5 2017

 

Menu

Prefeitura ampliará sincronização semafórica em mais 17 cruzamentos da cidade

Prefeitura ampliará sincronização semafórica em mais 17 cruzamentos da cidade Alex Cavanha/PSA

Santo André possui 63 controladores de tráfego, que comandam tempo semafórico em 90 cruzamentos, por meio da Central de Monitoramento

Santo André, 27 de setembro de 2019 – Com a evolução da tecnologia, cada vez mais rápida e colaborativa, a Prefeitura de Santo André ampliará o monitoramento de tráfego com a sincronização semafórica em 17 novos cruzamentos. A cidade conta com dois sistemas de monitoramento, sendo que um deles utiliza laços detectores instalados no solo e o outro, sensores controlados por câmera e fibra ótica, que possibilitam realizar ajustes e configurações personalizadas por meio de um software. Hoje estão em funcionamento 63 controladores de tráfego, que monitoram e sincronizam todos os semáforos em 90 cruzamentos.

O trabalho de ampliação do sistema de sincronização semafórica teve início nesta segunda-feira (1º), abrangendo o eixo da avenida Dom Pedro II, desde a rua Catequese, até a rua das Caneleiras, incluindo as ruas Padre Manoel da Nóbrega e Padre Vieira. Com a instalação, a ‘onda verde’ dos semáforos estará presente nesta importante via e suas paralelas, na região central. A estimativa do Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) é de um ganho de 25% a 30% no tempo de percurso nos locais onde os sistemas estão em funcionamento.

Os demais controladores de tráfego e de sincronização semafórica estão localizados nos principais corredores viários da cidade, na avenida dos Estados, no trecho entre a rua dos Alpes até a rotatória da avenida da Paz; avenida Prestes Maia, entre rua das Silveiras até a avenida dos Estados; na avenida Santos Dumont, entre a rua Guilherme Marconi e avenida Dom Pedro I; avenida Giovanni Batista Pirelli, no trecho da Praça XIV Bis até a rua Manoel da Nóbrega; na rua Coronel Seabra, entre a rua Equador e a rua Marquesa de Santos, além da avenida Queirós dos Santos, rua das Figueiras, avenida XV de Novembro e avenida Industrial.

Os sistemas de sincronização semafórica instalados na cidade realizam os cálculos de tempo mais adequados a cada ciclo (tempos de verde, amarelo e vermelho), reduzindo as esperas e os atrasos. Desta forma, aumenta-se a segurança, a redução nas emissões de poluentes e o consumo de combustível. Na Central de Monitoramento há ainda a presença de operadores que controlam o funcionamento dos cruzamentos durante 24 horas por dia. Estes funcionários podem ainda alertar sobre intervenções, fazer alterações online nas programações semafóricas, além de armazenar dados históricos sobre a variação na demanda de veículos.

O prefeito Paulo Serra destaca a importância de reduzir o tempo que os motoristas passam nos cruzamentos, essencialmente em horários considerados de pico. “Estamos investindo cada vez mais em tecnologia de fibra ótica e controle da quantidade de veículos que circulam nos principais corredores da cidade. Com isso todos ganham, pois permite que o motorista passe por um trecho maior de vias sem precisar parar constantemente. Aliado a isso, instalamos a nossa Central de Monitoramento, que é o local responsável pela medição e controle online dos tempos de verde dos semáforos”, destacou.

Texto: Daniel Betega

Última modificação emQuarta, 03 Outubro 2018 17:13

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo