Logo 5 2017

 

Menu

Grupo Língua de Trapo é a atração do Teatro Municipal neste sábado Destaque

Grupo Língua de Trapo é a atração do Teatro Municipal neste sábado

Programação terá ainda infantil ‘O Aprendiz de Feiticeiro’ e festivais de Fotografia em Paranapiacaba e de Pipas Artísticas no Parque Central

Santo André, 13 de setembro de 2018 – O Língua de Trapo, uma das bandas independentes que despontaram no cenário musical paulistano na década de 1980 estará de volta à cidade. Eles retornam ao Teatro Municipal Antônio Houaiss neste sábado (15), às 20h30 para o show ‘Língua Três Oitão’, que apresenta um resumo da trajetória de quase 40 anos, além das novas criações. Outro destaque da agenda deste fim de semana é o Festival de Fotografia de Paranapiacaba, no sábado (15) e domingo (16), que terá exposições, ações educativas, oficinas, palestras, feiras de publicações, entre outras atividades gratuitas, em diversos espaços da vila.

Do primeiro lançamento ‘Sutil como um Cassetete’, em 1980, ainda em fita cassete, ao último disco ‘O Último CD da Terra’, de 2016, a marca do Língua de Trapo é o bom humor presente em canções como “Concheta”, “Os Metaleiros Também Amam” e “Fado da Falência”, entre outras. Com 38 anos de estrada, a banda se mantém atual e afiada. Indicação: livre. Ingressos de R$ 30 a R$ 60.

No domingo (16), às 15h, o teatro apresentará o espetáculo infantil ‘O Aprendiz de Feiticeiro’, sucesso de público e que trata de questões éticas como a lealdade, a amizade, compaixão, traição, valor humano e união, além da relação entre mestre e aprendiz. Indicação: livre. Ingressos de R$ 25 a R$ 50. Para os dois espetáculos os ingressos estarão à venda na bilheteria, das 14h às 19h, pagamento em dinheiro, ou em www.bilheteriaexpress.com.br/. O endereço é Praça IV Centenário, s/nº, Centro.

Outras atividades – Nesta quinta-feira (13) o Auditório Heleny Guariba recebe dois workshops para o desenvolvimento da competência leitora às 14h. Indicação: 16 anos. O endereço é Praça IV Centenário, s/nº, Centro. Na Escola Livre de Cinema e Vídeo, às 18h, será apresentado o filme ‘Era o Hotel Cambrigde’, da diretora Eliane Caffé. Indicação: 12 anos. A escola fica na Av. Utinga, nº 136, na Vila Metalúrgica. Atividades gratuitas.

Para o sábado (15) estão programados dois workshops. Às 9h, ‘Políticas de Equidade Racial na prática’, com Paola Prandini, na Biblioteca Nair Lacerda, Praça IV Centenário, s/nº, Centro. Indicação: 16 anos. E às 10h, no Museu de Santo André, ‘Música e Educação – Novos Olhares’, com Guilherme Delmolin. O endereço é Rua Senador Fláquer, 470, Centro. Indicação: livre. Atividades gratuitas.

Exposições – Esta é a última semana para o público conferir ‘Inteligência Artificial’, que reúne trabalhos da ocupação cultural ‘Cuiabá 153’ e ‘Portões que Falam’, em cartaz no Salão de Exposições do Paço Municipal. A presente exposição apresenta obras e imagens da mostra realizada no último mês de abril. Indicação: livre. Visitas até dia 14, das 10h às 17h. O salão fica na Praça IV Centenário, s/nº, Centro. Grátis.

Na Casa do Olhar Luiz Sacilotto, está em cartaz ‘Sob a Máscara, o Amor’, do artista Alexandre Barasino. A exposição apresenta obras cuja pesquisa trata de temas como o feminino, o amor e o comportamento humano. Indicação: livre. Visitas de terça a sexta-feira, das 10h às 17h, e no sábado, das 10h às 15h. O endereço da casa é Rua Campos Sales, nº 410, Centro. Grátis.

Na Sala Especial do Museu de Santo André Dr. Armando Octaviano Gaiarsa está em cartaz, ‘Com as Pedras no Meu Caminho’, com esculturas em pedra sabão e outros materiais realizados por Ivan Rozalem. No museu, segue em cartaz ‘Espaços Simbólicos da Cidade’, com fotografias da cidade. A mostra é resultado da parceria com a página do “Facebook Santo André, Ontem e Hoje”, seus colaboradores, além da comunidade andreense que selecionou imagens através de uma curadoria coletiva.

Outras exposições do museu são ‘Dá para imaginar? Se as coisas não tivessem evoluído’, com objetos de uso cotidiano e do trabalho que as novas gerações não conheceram, como a vitrola e a máquina de escrever. E ‘Estrada de Ferro, Caminhos da Memória’, com gravuras e fotografias que têm como tema a histórica vila de Paranapiacaba. A mostra é composta por obras do acervo de gravuras da Casa do Olhar Luiz Sacilotto e fotografias do arquiteto Ricardo Leite. O museu está aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 16h30, e sábados das 9h às 14h30. O endereço é Rua Senador Fláquer, nº 470, Centro. Grátis.

Já no Espaço Permanente do Acervo de Arte Contemporânea de Santo André - Pinacoteca, na Sabina, está em cartaz ‘O Artista e Sua Mão: Criando na Arte Contemporânea’, a nova exposição do acervo artístico da cidade. A mostra apresenta obras com comentários sobre o processo de criação como uma forma de estimular o público a perceber a proximidade com a arte e assim como com o fazer do artista. O endereço é rua Juquiá, s/nº, Vila Eldízia. Ingressos de R$ 10 a R$ 40.

Lazer – O Parque Central recebe neste domingo (16), a partir das 10h, a 10ª edição do Festival de Pipas Artísticas da cidade. Participam do encontro representantes de 10 modalidades. O endereço é Rua José Bonifácio, s/nº, Vila Assunção. Grátis.

Para quem curte andar de bicicleta, outra opção é a ciclofaixa de lazer, também no domingo, das 7h30 às 13h30. O roteiro tem cerca de 4 km pelo Centro da cidade, passando pelo Paço Municipal.

Outras opções de lazer são a Ludoteca do Parque Prefeito Celso Daniel, que funciona de terça-feira a domingo das 9h às 12h, e das 13h às 16h30. O parque está localizado na Avenida Dom Pedro II, 940, no bairro Jardim. Grátis; e a Brinquedoteca do Parque Chácara Pignatari. O endereço é Avenida Utinga, 136, Vila Metalúrgica. Grátis. O funcionamento é de quarta-feira a domingo, das 9h às 12h, e das 13h30 às 16h30.

Festival de Fotografia de Paranapiacaba – Nos dias 15 e 16, a partir das 10h a vila recebe o Festival de Fotografia de Paranapiacaba. Na programação, exposições, ações educativas, oficinas, palestras, feiras de publicações, entre outras atividades gratuitas, em diversos espaços da vila. Confira a programação completa em: https://www.festivalfotoparanapiacaba.com.br/.

A agenda cultural da cidade é uma realização da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Santo André. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 4433-0652 ou no site: culturaz.santoandre.sp.gov.br/.

Texto: Marcos Imbrizi
Foto Paranapiacaba: Divulgação/PSA

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo