Logo 5 2017

 

Menu

Parque Miami recebe equipamento que ajuda a combater perdas de água

Parque Miami recebe equipamento que ajuda a combater perdas de água

Semasa instala válvula redutora de pressão para adequar a força da água nas tubulações

Santo André, 30 de julho de 2018 –  Os moradores do Parque Miami, bairro de Santo André onde a pressão da água nas redes de abastecimento é mais intensa, foram beneficiados com a instalação de uma válvula redutora de pressão (VRP). O equipamento, que é o quarto a ser implantado na cidade desde 2017, é fundamental para reduzir a força da água para níveis mais adequados, combater vazamentos e danos às tubulações.

Instalado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) na rua Rio Upariquera, em frente ao Reservatório Miami, o dispositivo atende 1.385 ligações de água que sofrem com alta pressão, o que representa 80% do total de ligações do setor. Também está em fase de estudos a implantação de uma segunda VRP no Parque Miami, o que deve ocorrer ainda este ano.

Além de ser um equipamento eficiente e de baixo custo – o Semasa investiu cerca de R$ 55 mil –, a VRP é movida a energia solar, o que vai contribuir para a economia de energia elétrica na cidade.

Por meio do sistema de telemetria, a autarquia vai acompanhar 24 horas por dia o funcionamento e as vazões de água no local, agindo à distância para adequar a pressão da água nas redes e evitar a ocorrência de vazamentos, tanto nas redes públicas quanto nas instalações internas dos imóveis dos usuários. Junto à VRP também foi instalado um macromedidor para permitir o acompanhamento do consumo de água no setor.

Saldos positivos da VRP –  Além do Parque Miami, os bairros Bom Pastor, Jardim Stella e Vila Pires também receberam o equipamento. E os dados já demonstram reduções expressivas de vazamentos.

No setor de abastecimento Paraíso, onde estão o Jardim Stella e o Bom Pastor, os índices de perdas de água diminuíram de 40% para 30% após a implantação das VRPs. Já na Vila Pires, o volume de desperdício de água caiu de 20% para 12%. Com isso, nesses bairros, o Semasa cumpriu a meta definida pelo Plano Nacional de Saneamento Básico, que preconiza o índice de perdas em 33% para a Região Sudeste do país.Texto:

Viviane Raymundi
Fotos: Divulgação/Semasa

Última modificação emSegunda, 30 Julho 2018 19:49

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo