Logo 5 2017

 

Menu

Festival de Inverno de Paranapiacaba bate recorde de público e atrai 30 mil pessoas no último dia

Festival de Inverno de Paranapiacaba bate recorde de público e atrai 30 mil pessoas no último dia

Orquestra Sinfônica de Santo André abrilhantou encerramento com execução de concerto no Clube Lyra

Santo André, 29 de julho de 2018 - O domingo ensolarado e uma programação diversificada atraíram grande público para Paranapiacaba, no último domingo do 18º Festival de Inverno (FIP). Cerca de 30 mil pessoas foram prestigiar as atrações, distribuídas em vários pontos, com grande diversidade de estilos culturais e de intervenções artísticas, além de uma praça de alimentação com opções gastronômicas para todos os gostos e estilos.

Desenvolvido de forma a valorizar a vila histórica como principal atração, o Festival de Inverno teve como grande destaque de encerramento a apresentação da Orquestra Sinfônica de Santo André (OSSA), comandada pelo maestro Abel Rocha. O concerto, executado no Clube União Lyra Serrano, incluiu obras de Ronaldo Miranda, Max Bruch e Brahms e contou com a participação do violinista Carmelo de Los Santos, emocionando o público presente.

"Nossa gestão trabalha intensamente para resgatar a autoestima e o sentimento de amor por Santo André. Paranapiacaba é simbólica e recuperar a vila é resgatar este sentimento, assim como fizemos com a Sabina, os parques, o Paço Municipal e outros símbolos andreenses. Por isso, a grande estrela do Festival de Inverno foi a própria vila, que agora conta com wi-fi e um novo app, com as principais atrações para facilitar a vida dos visitantes e turistas", afirmou o prefeito Paulo Serra.

Para a aposentada Heloisa Ribeiro, de 70 anos, o FIP surpreendeu pela estrutura e organização. “Fiquei encantada com o fato de ver a vila mais bonita, bem sinalizada e com muitas atrações. A ideia de criar postais para serem enviados pelo correio mexeu demais com as minhas lembranças. Um brilho a mais para Paranapiacaba, que já é tão nostálgica”, disse, encantada.

Mix cultural - Mais cedo, passaram pelos palcos as bandas Calango Brabo - com o seu rock do sertão, que mescla solos de guitarra com raízes do baião, em refrãos cheios de poesia - e Olho de Vidro, agitando a programação musical do FIP.

Os hits da banda de rock Golpe de Estado incendiaram os fãs que compareceram em peso à Ocupação Coletivo Rock ABC. Outras bandas locais e consagradas no cenário rock do ABC também passaram pelo palco montado na quadra da Escola Estadual Senador Lacerda Franco. 

E, se por um lado o clima frio e nebuloso, típico de Paranapiacaba, não deu as caras no último dia do festival, por outro lado as diversas oficinas, recitais, feiras de arte e antiguidades, exposições fotográficas e apresentações pulverizaram cultura e integração por cada rua da charmosa vila inglesa.

Considerado um sucesso de público, o 18º FIP registrou presença recorde de aproximadamente 82 mil pessoas, nos quatro dias de realização. Foram arrecadados cerca de 400 quilos de alimentos para o Banco de Alimentos, gerido pelo Fundo Social de Solidariedade, que serão destinados aos projetos sociais de Santo André.

Texto: Fernanda Bertoncini
Fotos: Ricardo Trida/PSA

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo