Logo 5 2017

 

Menu

Festival de Inverno passeia por ritmos musicais em Paranapiacaba

Festival de Inverno passeia por ritmos musicais em Paranapiacaba

Blues, jazz, metal, forró, MPB, entre outros estilos rechearam o segundo dia de atrações

Santo André, 22 de julho de 2018 – O 18º Festival de Inverno de Paranapiacaba (FIP) teve o segundo dia de atrações neste domingo (22), encerrando o primeiro final de semana de atividades. Com público de aproximadamente 20 mil pessoas, o destaque do evento ficou por conta dos mais diversos estilos musicais que se apresentaram em alguns do principais pontos da vila, agradando o público. Além disso, atrações de teatro, oficinas e feiras também foram opções de entretenimento. O festival continua no próximo final de semana (28 e 29), somando cerca de 188 atrações culturais e mais de 450 artistas envolvidos.

De acordo com o prefeito Paulo Serra, o evento traz a marca da diversidade cultural. “Nesta edição aumentamos o número de atrações das mais diferentes vertentes, apoiando o artista da cidade e trazendo ao público uma gama de opções", comentou.

Logo pela manhã foi aberta a tradicional Feira do Vinil, criada há 14 anos por andreenses e que facilita a vida de quem gosta de comprar e vender seus LPs. A rua da Estação recebeu o projeto Inverno com Arte, em que profissionais realizavam pinturas livres e workshops ministrados por membros da comissão de grafitti da cidade. Esquentando o almoço na rua Direita, o projeto musical "Manatiana: Miscigenação" mostrou o melhor do mix entre ritmos cubanos, brasileiros e muito jazz. Já no Palco do Mercado, o trio Beijo de Moça colocou o público para dançar com muito xote, forró universitário e baião. Já no período da tarde, o Coreto foi "invadido" por um espetáculo circense com mágicas, desafios de lógica, malabarismo, poemas e outras atrações.

A música ditou o tom do dia e nos mais diferentes estilos. Se a data se iniciou com as diferentes misturas americanas, nordestinas e afins, o restante do dia reuniu outras combinações. Música clássica em violoncelo, metal das bandas Cruel Face, Torture Squad e Necromancia, acordeon da artista Lívia Mattos e ainda o fechamento, no fim da tarde, com Guga Stroeter & Orquestra Heartbreakers, no Clube União Lyra Serrano, comemorando 30 anos da big band. A dança também esteve presente com a Academia Voodoo de Corpo e Baile.

O casal Gisele do Prado e Júlio Cesar acompanhou pela segunda vez do Festival e gostou das novidades da Vila. "Eu acho que a história de Paranapiacaba, as curiosidades e a comida são bem interessantes", destacou Gisele. O casal é de Santo André e pretende voltar nos próximos anos. "Cada vez que a gente vem tem alguma coisa nova para ver, na parte da história ou nas atrações, essa é a melhor parte", finalizou Julio.

No próximo final de semana (28 e 29) a festividade continua e traz inúmeras atrações. A programação completa do Festival de Inverno de Paranapiacaba está disponível no site http://www3.santoandre.sp.gov.br/fip/, com atividades das 10h às 22h, passando por apresentações musicais, de dança, teatro, literatura e exposições, entre outras. As ações são realizadas em vários espaços da parte baixa da vila, como a Praça do Antigo Mercado, o Clube União Lyra-Serrano, o Galpão das Oficinas e a Rua Direita.

"É a primeira vez que participo do Festival. Foi uma aventura vir de trem com minhas amigas, amei a gastronomia, os licores, o chocolate quente é maravilhoso, as atrações são bem legais, a vila está muito linda e bem movimentada. No próximo ano vou participar e trazer minha família também", enfatizou Elaine de Lima, moradora de Itaquaquecetuba. 

Estrutura e transporte - Duas linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) atendem a região. A vila fica bloqueada para o acesso de carros nos dias de festival, portanto quem for de veículo próprio poderá utilizar estacionamento que é disponibilizado por uma empresa que fica próximo à vila. O valor do estacionamento é de R$ 45, incluso o traslado.

A entrada para o evento é gratuita. Há um ponto de arrecadação de doações para o Banco de Alimentos, para quem puder levar 1 kg de alimento não-perecível, que será destinado a entidades assistenciais da cidade.

A edição deste ano conta com novidades que trouxeram mais comodidade ao público. Foi disponibilizado um número maior de ônibus e vans para o traslado do estacionamento até o Festival e também houve ainstalação do wi-fi gratuito na Vila. Além disso, os visitantes podem baixar o app de Paranapiacaba, que está disponível para sistema Android. O aplicativo traz toda a programação e orientações aos usuários que estão na região.

Texto: Guilherme Menezes
Fotos: Alex Cavanha/PSA

Última modificação emDomingo, 22 Julho 2018 21:59

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo