Logo 5 2017

 

Menu

Escritora andreense doa livros para estudantes de escola municipal Destaque

Escritora andreense doa livros para estudantes de escola municipal Divulgação

Alunos da Emeief Comendador Piero Pollone participaram de projeto de incentivo à leitura

Santo André, 4 de maio de 2018 - “Conhecido na floresta como o grande CO-MI-LÃO, de frutas a pingos de mel, assim era o urso Rafael”. Ao abrir o livro recebido diretamente das mãos da autora, o estudante Vinícius Ruy da Silva de 7 anos, lê com orgulho a primeira página do livro “Rafael, o ursinho guloso”. O presente foi entregue em uma das duas sessões de autógrafo com a escritora da obra, Ana Stoppa, nesta sexta-feira (4), na Emeief Comendador Piero Pollone, no bairro Cidade São Jorge. Assim como o pequeno leitor, 280 alunos deste equipamento receberam um exemplar de Stoppa, dentro de seu projeto de doação de livros.

“Me sinto extremamente feliz, primeiro por estar incentivando o hábito da leitura para a criança, pois só o conhecimento liberta, e porque também estou tentando devolver a minha singela contribuição para a sociedade. Nós somos transitórios, estamos nesse mundo sim para desfrutá-lo, mas também para deixá-lo melhor. Eu acredito que o bem sempre vence e se você quer receber carinho, você planta carinho”, comentou a escritora e também advogada.

A diretora da escola, Dalva Elisabete Depizol Castilho, explica que as histórias foram trabalhadas pelos professores dentro da sala de aula de várias formas, desde interpretação de texto à elaboração de desenhos. "Essa doação contribui muito, pois a leitura auxilia na ampliação do vocabulário das crianças. Nós já temos um projeto de biblioteca circulante, onde os alunos levam um livro para casa nos finais de semana e fazem a leitura com os pais. É um fase importante para eles desenvolverem isso”.

Além do título sobre o urso Rafael, foram trabalhadas as obras “Caó, o cavalinho de um olho só “ e “Lelé, o navegador dos sonhos”. “A maioria dos meus livros tem foco no meio ambiente, eu procuro chamar as crianças para conscientização de uma forma saudável, lúdica, o quanto é importante preservar e cuidar do planeta, porque aqui não existe o jogar fora, o que acontece de bom em Santo André vai para o mundo todo, o que acontece de ruim na Etiópia, por exemplo, uma hora chega em nós. No fim o universo é um só”, finaliza Stoppa. Foram beneficiadas neste primeiro momento crianças das turmas de 1º ao 3º ano, porém a autora se prontificou a retornar a este unidade escolar no segundo semestre para atender as turmas do 4º e 5º ano.

Projeto - A autora Ana Stoppa é natural de Santo André. A doação faz parte do seu projeto voluntário de incentivo à leitura, que desde 2012 objetiva despertar o prazer de ler em estudantes da educação infantil e do ensino fundamental, matriculados em escolas públicas. Por meio deste projeto, a escritora já distribuiu seus livros em várias regiões do Brasil e outros países (Itália, Portugal, Angola e Moçambique), perfazendo até então a doação de 62 mil livros nos gêneros de literatura infantil e infantojuvenil. Somente neste primeiro semestre de 2018, a escritora visitou uma escola municipal e duas escolas estaduais em Santo André, totalizando a doação de mais de 930 livros. A autora pretende alcançar a marca de 100 mil obras doadas.

“Eu comecei a escrever aos 13 anos de idade. Quando eu era criança eu estudava na rede pública e gostava muito de ler, mas não tinha muito acesso a livros, aí meus professores me incentivavam a escrever. Quando nasceram meus filhos, hoje são três adultos, eu inventava histórias e eles queriam que eu continuasse. Ali nasceu um mundo, poxa um dia acho que eu vou escrever. Isso foi uma inspiração, assim como hoje meu neto de 11 anos e todas essas crianças me inspiram. Quando uma criança chega pra mim e fala ‘Ana vem estudar comigo’, eu olho os anos que já vivi e falo ‘a criança que mora em mim está viva e a gente tem que mantê-la viva’”.

Texto: Bianca Fontes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor