Logo 5 2017

 

Menu

Licitação de transporte na Vila Luzita prevê reforma de terminal, novos ônibus e abertura de estações

Licitação de transporte na Vila Luzita prevê reforma de terminal, novos ônibus e abertura de estações

Publicação do edital ocorrerá em janeiro, com objetivo de definir empresa que vai operar transporte coletivo na região; início das operações está prevista para o final de junho

Santo André, 21 de dezembro de 2017 – Passageiros que utilizam os ônibus municipais que atendem a Vila Luzita terão boas notícias no próximo ano. Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (21), a Prefeitura de Santo André apresentou os detalhes da licitação do transporte coletivo que atende o bairro, que resultará em diversas melhorias para os usuários. A licitação, cujo edital será publicado em janeiro, tem como objetivo definir a empresa que vai operar as 16 linhas de ônibus que passam pela região, e prevê novidades como a reforma do terminal da Vila Luzita, modernização dos ônibus e abertura de duas novas estações no corredor da avenida Capitão Mário Toledo de Camargo.

Atualmente existem três linhas que ligam o Terminal da Vila Luzita ao centro. Chamadas de Linhas Troncais, elas passarão a contar com pontos para carregamento de celular, Wi-Fi, painéis digitais que indicam a próxima parada, ar condicionado, além de motor traseiro e veículos novos. As 16 Linhas Alimentadoras, como são chamadas as que ligam os bairros ao Terminal Vila Luzita, terão adequação nos tipos de veículos e idade máxima de cinco anos de uso. A abertura da licitação está prevista para fevereiro, cerca de 30 dias depois da publicação do edital.

Além das melhorias nos veículos, a empresa que vencer a licitação também será responsável pela reforma no Terminal Vila Luzita. O projeto de requalificação do local conta com troca de telhas, instalação de domo em acrílico e instalação de manta termoacústica. Além disso, haverá a construção de banheiros e passagens elevadas, troca de gradis de ferro por placas divisórias em vidro, troca de piso, adequação de acessibilidade, instalação de mais bancos e lixeiras, nova comunicação visual, entre outras melhorias. 

Também estão previstas a construção de duas novas estações no corredor da avenida Capitão Mário Toledo de Camargo, melhorias no pavimento e implantação de um programa de responsabilidade ambiental para adoção de tecnologia sustentável. Como o contrato é válido por 20 anos, caso sejam feitos projetos viários como a abertura de uma nova estação de trem, construção da Linha 18 –Bronze do Metrô e construção do Corredor Taioca, também estão previstas no contrato a criação de novas linhas e possíveis alterações em linhas já existentes.

Para o secretário de Mobilidade Urbana, Edilson Factori,  a abertura de uma nova concessão é fundamental para a implantação das melhorias que o Lote B precisava. “É um sistema importante porque corresponde a quase 25% do número de passageiros diários e resolve uma questão que está pendente desde o ano passado, quando foi feito um contrato emergencial para suprir temporariamente as nossas necessidades. Agora temos os elementos que precisávamos para a elaboração desse edital de licitação definitiva”, disse o secretário.

Poderão participar da licitação empresas ou consórcio de empresas que atendam as condições exigidas no edital com os requisitos mínimos de qualificação: habilitação jurídica, regularidade fiscal, qualificação econômico-financeira e qualificação técnica. A assinatura do contrato com a nova empresa será feita na primeira metade de junho de 2018, com início de operação previsto ainda para o mesmo mês. O contrato custará R$ 123 milhões para a empresa, valor baseado no investimento das melhorias planejadas.

Com média de 836 mil de passageiros, os ônibus da Vila Luzita atualmente é administrado pela Transportadora Turística Suzano Ltda (Suzantur). Sua escolha foi determinada após desistência das empresas Viação Guaianazes de Transporte Ltda, Viação Curuçá Ltda e Empresa de Transporte Urbano e Rodoviário Santo André Ltda, em outubro de 2016, por não apresentarem propostas de participação no procedimento de contratação emergencial. A Suzantur passou a operar a partir das 0h do dia 8 de outubro do mesmo ano.

Santo André possui 49 linhas divididas em 2 lotes. Ao todo são 393 veículos na frota, sendo 312 do Lote A e 82 do Lote B. A idade média dos veículos é de cinco anos e a idade máxima varia de oito a 12 anos, dependendo do tipo de ônibus. A licitação, cujo edital será publicado em janeiro, diz respeito à sub-concessão do Lote B.

Texto: Renan Muniz
Fotos: Júlio Bastos/PSA

Última modificação emQuinta, 21 Dezembro 2017 21:12

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor