Logo 5 2017

 

Menu

Utinga ganha nova estação de coleta e Santo André encerra 2017 com 20 ecopontos

Utinga ganha nova estação de coleta e Santo André encerra 2017 com 20 ecopontos Divulgação/ Semasa

 

Unidade fica ao lado do pior ponto de descarte irregular que existia na cidade

Santo André, 21 de dezembro de 2017 – Santo André encerra 2017 com 20 estações de coleta em operação. Nesta quinta-feira (21), foi inaugurada a Estação de Coleta Utinga, na rua Beckman com a avenida da Paz, ao lado do terminal de ônibus e a 50m de onde ficava o pior ponto de descarte irregular da cidade. O equipamento também faz parte de ação ampla de requalificação da região onde fica o Núcleo dos Ciganos, comunidade que está sendo beneficiada com o projeto Moeda Verde, de troca de recicláveis por alimentos hortifrúti.

“Esse equipamento é essencial para a população do entorno, pois traz um benefício ambiental enorme para o espaço que permite minimizar os problemas de descartes irregulares de resíduos que o bairro sofre”, afirmou o vice-prefeito Luiz Zacarias, durante a inauguração.

A EC Utinga foi implantada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) em um terreno da Prefeitura, que estava ocupado irregularmente há cerca de 40 anos. O local foi desocupado, abrindo espaço para a estação, que foi equipada para receber principalmente materiais volumosos e resíduos da construção civil.

O equipamento é opção ao descarte irregular que existia na rua Júlio Pignatari, de onde o Semasa retirou até novembro 1.056 toneladas de resíduos, ao custo de quase R$ 300 mil para o município.  O Semasa também espera que a implantação da EC Utinga combata o ponto de descarte irregular existente na avenida dos Estados, nas proximidades da rua Telavive, de onde este ano foram removidos 921 toneladas de resíduos, ao custo de R$ 162 mil.

Além da EC Utinga e da implantação do projeto Moeda Verde no Núcleo dos Ciganos, a área que fica embaixo do viaduto da avenida da Paz também será requalificada pela Prefeitura. O antigo ponto de descarte na rua Júlio Pignatari já foi transformado em área de estacionamento.

A nova estação vai operar de segunda-feira a sábado, das 8h às 16h. A meta de Santo André até o final de 2020 é ter 26 estações de coleta, o que também atende ao Plano Regional de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Grande ABC. Além disso, a cidade já foi qualificada no programa Avançar Cidades, do Ministério das Cidades, para a implantação de outras 20 estações no município também até 2020. "Esse é um projeto audacioso de crescimento das estações de coleta, que cobrirá toda a cidade e será um marco na ampliação dos indicadores de reciclagem de materiais e destinação correta de resíduos especiais", revela Ajan Marques de Oliveira, superintendente do Semasa.

Texto: Paloma Alvarez (Semasa)

Última modificação emSexta, 22 Dezembro 2017 10:16

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor