Logo 5 2017

 

Menu

Educação de Jovens e Adultos faz campanha para atrair alunos em Santo André

Este ano, cerca de 6 mil pessoas frequentaram as aulas da EJA na cidade Este ano, cerca de 6 mil pessoas frequentaram as aulas da EJA na cidade Alex Cavanha/PSA


Professores e alunos vão para as ruas divulgar o programa neste sábado (2); para se inscrever é necessário ter mais de 15 anos

Santo André, 1º de dezembro de 2017 - A taxa de analfabetismo no Brasil é de 8%, segundo a mais recente pesquisa do IBGE, realizada em 2015, e é atrás dessa parcela da população que professores, alunos e equipe gestora das escolas municipais de Santo André estarão neste sábado (2), ao percorrer as ruas no entorno das escolas, feiras livres e centros de comércio. “Queremos alcançar os munícipes que precisam da formação. Ainda temos uma grande parcela que não sabe ler ou escrever e também que não pôde concluir o ensino fundamental. Além disso, existem muitas pessoas que não têm conhecimento sobre as vagas que as escolas municipais oferecem para os adultos, não sabem como funciona e que tem opção nos três períodos, principalmente à noite”, afirmou a diretora do Departamento de Educação de Jovens e Adultos, Cilene Maria Lunardi Paludetti.

Segundo a diretora, algumas pessoas precisam de incentivo para voltar a estudar e, ao conversar com o professor ou outros alunos, sentem-se acolhidas e mais estimuladas a romper barreiras como a timidez de voltar à sala de aula depois de adulto. Para realizar a inscrição na EJA, é necessário a idade mínima de 15 anos. O curso é dividido em duas etapas: EJA I e EJA II. A primeira etapa (EJA I), corresponde ao período que vai do 2º ao 5º ano do ensino fundamental, podendo ser concluída em dois anos. As inscrições para essa etapa já estão abertas e as matrículas poderão ser realizadas até 29 de setembro de 2018. A segunda etapa (EJAII), que corresponde ao período entre 6 º e o 9º ano do ensino fundamental, também pode ser concluída em dois anos (considerando que cada ano equivale a um semestre) e as matrículas poderão ser efetivadas até 16 de março do próximo ano.

Estão sendo montadas turmas da EJA em 18 Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) e em 5 Centros Públicos de Formação Profissional. De acordo com Cilene, a Secretaria de Educação quer ampliar o atendimento aos alunos da EJA em aproximadamente 5 %. “Estamos buscando várias ações de divulgação, parceria com mídias impressas, mídias digitais, rádio e TV locais, assim como parceria com empresas e divulgação em todos os equipamentos municipais, com o objetivo de ampliar a quantidade de atendimentos. Neste sábado, cerca de 200 pessoas vão participar da campanha”, acrescentou. Neste ano, cerca de 6 mil pessoas foram atendidas pelas Unidades Escolares.

Além da elevação de escolaridade da educação básica, também são oferecidos cursos profissionalizantes integrados à matriz curricular nos cinco Centros Públicos e nas 3 Emeiefs que atendem esta demanda. Entres as opções de cursar a EJA junto com formação profissional, são oferecidas as áreas de alimentação, informática, construção civil, embelezamento e administração. Os documentos necessários para as inscrições são RG, CPF e comprovante de endereço. Para mais informações basta procurar a escola municipal mais próxima ou pelo telefone 4468-4296/ 4468-4297


Texto: Paola Zanei 

Foto: Alex Cavanha/PSA

Última modificação emSegunda, 04 Dezembro 2017 17:22

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor