Logo 5 2017

 

Menu

Santo André supera São Bernardo, vence dérbi do ABC e é campeão do futsal feminino

Santo André supera São Bernardo, vence dérbi do ABC e é campeão do futsal feminino Julio Bastos/ PSA

 

Em jogo disputado em São Caetano, equipe andreense faz 3 a 1 e garante título

O dérbi regional entre Santo André e São Bernardo foi digno de uma grande final no futsal feminino da segunda divisão dos Jogos Abertos do Interior no ABC. Aproveitando as oportunidades, a equipe andreense venceu por 3 a 1 e garantiu o título, nesta quarta-feira (22), no ginásio Joaquim Rabello, em São Caetano. O jogo foi disputado em quadra neutra para não beneficiar nenhuma das duas cidades.

O apito inicial trouxe um jogo cheio de intensidade. Mais organizado e com jogadoras melhores tecnicamente, o Santo André comandou as principais ações, enquanto São Bernardo aguardava um erro para contra atacar e finalizar. Desta maneira, chegou algumas vezes com perigo. Na base da troca de passes, e dos chutes à distância, as meninas andreenses – que jogam pelo Primeiro de Maio FC em parceria com a Prefeitura Municipal – chegaram a acertar a trave por duas vezes na primeira etapa.

O empate não persistiria por muito tempo após o intervalo. O segundo tempo garantiu mais equilíbrio no início, mas aos poucos as jogadas de habilidade começaram a surgir. Após bobeada da goleira Larissa, a camisa 9, Nathalia, aproveitou para chutar e abrir o placar para Santo André. Pouco depois, em bela jogada e chute no ângulo, Helen aumentou a vantagem. Sem ter outra opção, São Bernardo foi para o tudo ou nada com a goleira-linha Rafaela. Apesar de criar lances de perigo, sofreu o terceiro gol, marcado por Lidiane. Na base do abafa, Cibelle diminuiu, mas não havia mais tempo para reverter o marcador.

“Iniciamos uma nova gestão em Santo André e temos toda estrutura que precisamos, mesmo dentro de todas as dificuldades. Perdemos sete meninas de uma temporada para outra, por conta de outras equipes contratarem. Trouxemos diversas jogadoras do juvenil, mas mesmo assim formamos um time forte. Fomos coroados por um trabalho árduo, sério”, comentou o técnico Valmir Hernandez.

O treinador fez questão de enfatizar a metodologia implantada no clube de sempre dar oportunidade para todas as atletas, independente da diferença técnica. “A gente aposta em todas as meninas, todas jogam. Não jogamos apenas com as melhores. Nosso método é trabalhar a pessoa, desde as que têm menos técnica, até as que jogam mais. Muitas meninas gostariam de jogar aqui exatamente por conta disso”, concluiu.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor