Logo 5 2017

 

Menu

Santo André amplia variedade de itens da merenda escolar

Mudança beneficiará os cerca de 33 mil alunos da rede municipal de ensino Mudança beneficiará os cerca de 33 mil alunos da rede municipal de ensino Ricardo Trida/PSA

Todos os alunos da rede municipal terão diariamente refeições com salada, legumes e vegetais; panificados, como bisnaguinha, também voltaram a ser servidos

Santo André, 26 de outubro de 2017 – Santo André, 26 de outubro de 2017 – A Prefeitura de Santo André ampliou a oferta de itens da merenda distribuída para os 33 mil alunos da rede municipal de ensino. Salada de alface, escarola, repolho, mandioca, vagem, inhame e até cará integram o cardápio das refeições servidas diariamente às crianças, desde o berçário até o 5º ano do fundamental, em 36 creches e 51 Escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental.

A oferta de salada aos alunos todos os dias, bem como o aumento significativo da variedade de legumes e tubérculos, teve início neste mês de outubro, após contratação de empresa fornecedora de alimentos processados. O prefeito Paulo Serra esteve nesta quinta-feira (26) na EMEIEF Mariângela Ferreira Aranda Fuzzeto, na Vila Junqueira, para conferir a nova merenda da cidade.

“Apesar dos diversos problemas que encontramos, fizemos economias e um choque de gestão. Com isso, conseguimos que a merenda ficasse cada dia melhor e com mais qualidade. Agora, em sua integralidade, voltamos com verduras, frutas e sobremesa, além de que a qualidade da merenda aumentou e ainda se tornou mais balanceada”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

No primeiro trimestre do ano passado, a Prefeitura interrompeu a oferta de salada para os estudantes da rede municipal de ensino, após término do contrato com a empresa que era responsável por fornecer mão de obra para preparar a merenda da cidade. Sem funcionários para higienizar e preparar os alimentos de maneira adequada, a oferta de vegetais, bem como de legumes, teve drástica queda e alguns itens passaram a ser oferecidos de forma alternada nas unidades de ensino.

“As saladas de vegetais folhosas, como alface, escarola, repolho são ricas em fibras , vitaminas e minerais, agregando maior variedade de nutrientes na composição dos cardápios dos estudantes. Além disso, uma maior diversificação oferece para as crianças a oportunidade de conhecer outras opções de alimentos, acostumar o paladar, e assim adquirir hábitos alimentares mais saudáveis para a vida toda”, frisou o superintendente da Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), Reinaldo Messias.

De acordo com o superintendente da Craisa, a estimativa é de que sejam consumidos mensalmente aproximadamente 20 toneladas de alimentos processados, além dos legumes não processados como tomate, abobrinha, e frutas. “Este ano também voltamos a fornecer panificados, como as bisnaguinhas, no lanche das crianças”, acrescentou Messias. A Craisa fornece diariamente cerca de 22 mil refeições nas EMEIEFse 6 mil nas creches. No total, contando os cafés da manhã e da tarde, são servidas 63 mil porções por dia aos estudantes da cidade.


Texto: Paola Zanei
Fotos: Ricardo Trida/PSA

Última modificação emQuinta, 26 Outubro 2017 19:29

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo