Logo 5 2017

 

Menu

Meta de Santo André é elevar para 85% a cobertura do ‘Programa de Saúde da Família’ até 2020

Meta de Santo André é elevar para 85% a cobertura do ‘Programa de Saúde da Família’ até 2020 Divulgação/ PSA

 

Anúncio foi feito hoje (8 de junho) pelo prefeito Paulo Serra, durante encontro com agentes de saúde na sede da Fundação do ABC. Hoje a cobertura é de 25%

O prefeito Paulo Serra anunciou na manhã desta quinta-feira (8 de junho) que Santo André se impôs como meta ampliar o Programa de Saúde da Família (PSF) dos atuais 25% de cobertura para 85% até 2020. Hoje o município do ABC Paulista conta com 296 agentes comunitários de saúde (ACSs).

“Estamos realizando um grande esforço para colocar a casa em ordem. A saúde, sem dúvida, está entre as principais demandas, expectativas e desejos da população. Temos uma meta ousada e vamos ampliar de 25% para 85% a cobertura do PSF em Santo André nesses quatro anos de mandato”, assegurou Paulo Serra durante a abertura do “Primeiro Encontro de Interação com os ACSs de Santo André”, realizado em parceria com a Fundação do ABC, no campus universitário da Faculdade de Medicina do ABC.

Segundo o chefe do Executivo, além da ampliação do quadro de colaboradores, também será feito trabalho de valorização dos agentes comunitários. “Construir prédios é relativamente fácil. Difícil é o acolhimento, o material humano, e é isso que fará a qualidade da saúde melhorar em Santo André. Já estamos implantando melhorias para a categoria, como a entrega de novos uniformes, e discutimos atualmente questões salariais com o sindicato. Precisamos valorizar os agentes comunitários em nosso município, pois contamos com o trabalho e o empenho desses profissionais para que a saúde na cidade volte ao patamar de que nunca deveria ter saído”, destacou Serra.

METAS ANUAIS

Para aumentar em 60 pontos percentuais a cobertura do Programa de Saúde da Família no período de 4 anos, a Secretaria de Saúde de Santo André estabeleceu plano anual de metas. Até o final deste ano, a cobertura deve chegar a 35%. Em 2018, 50%, passando a 70% em 2019, e a 85% em 2020.

“Temos a intenção real e prioritária de fortalecer toda a Atenção Básica do município. A ampliação do PSF e a valorização dos agentes fazem parte desse processo. Não é admissível uma cidade como Santo André ter apenas 25% de cobertura em Saúde da Família. Chega a ser vergonhoso. O PSF é uma estratégia fundamental para a qualificação da Saúde Pública e vamos reverter esse quadro”, garantiu a secretária de Saúde, Ana Paula Peña Dias.

ATUAÇÃO NA COMUNIDADE

Conforme definição do Ministério da Saúde, a Atenção Básica tem a Saúde da Família como estratégia prioritária para sua organização, de acordo com os preceitos do Sistema Único de Saúde (SUS). O agente comunitário de saúde é capacitado para reunir informações de saúde sobre a comunidade onde mora. É orientado pelo médico e enfermeira da unidade de saúde instalada no território e vai de casa em casa anotando as informações que podem ajudar a saúde da comunidade, além de realizar orientações sobre campanhas em andamento, programas de saúde e medidas de promoção à saúde e de prevenção de doenças.

Informações à Imprensa com Eduardo Nascimento

Comunicação Fundação do ABC

(11) 2666-5431

www.fuabc.org.br – www.fmabc.br

Última modificação emSexta, 09 Junho 2017 14:17

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Cidadão

Servidores

Empreendedor