Logo 5 2017

 

Menu

Conselhos Diretores de Unidades de Saúde 2011

  • Escrito por Prefeitura de Santo André
  • Categoria: Saúde
  • Acessos: 49293

RESOLUÇÃO Nº 07.07.2011- CMS – SS

O Conselho Municipal de Saúde de Santo André, no uso de suas atribuições legais conferidas pela Lei Municipal Nº 7.489 de 19 de junho de 1997, complementadas pelas Leis Municipais Nº 8.116 de 01 de Novembro de 2000 e Nº 8.710 de 23 de Dezembro de 2004, RESOLVE:

Art. 1º - Através da Comissão Eleitoral das Eleições dos Conselhos Diretores de Unidades de Saúde 2011; nomeada pela Resolução Nº 01.02.2011 CMS – SS; e 02.02.2011 CMS – SS, tornar público o resultado dos conselheiros (as) eleitos (as) do segmento dos usuários no processo eleitoral ocorrido nos dias 09 e 11 de junho de 2011 nas Unidades Básicas e Serviços Especializados de Saúde:

Clique aqui para ver o resultado.

SAMU

  • Escrito por Prefeitura de Santo André
  • Categoria: Saúde
  • Acessos: 67941

O que é o SAMU/192?

O SAMU/192 faz parte da Política Nacional de Urgências e Emergências, de 2003, e ajuda a organizar o atendimento na rede pública prestando socorro à população em casos de emergência. Foi idealizado na França, em 1986 como Service d'Aide Médicale d'Urgence — que faz uso da mesma sigla "SAMU" — e é considerado por especialistas como o melhor do mundo.

Com o SAMU 192, o governo federal está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as seqüelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

Como Funciona?
O SAMU realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, contando com as Centrais de Regulação , profissionais e veículos de salvamento.

As Centrais de Regulação tem um papel primeiro e indispensável para o resultado positivo do atendimento, sendo o socorro feito após chamada gratuita, para o telefone 192.

A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

Ao mesmo tempo, o médico regulador avalia qual o melhor procedimento para o paciente: orienta a pessoa a procurar um posto de saúde; designa uma ambulância de suporte básico de vida, com auxiliar de enfermagem e socorrista para o atendimento no local; ou, de acordo com a gravidade do caso, envia uma UTI móvel, com médico e enfermeiro. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos e, dessa maneira, reserva leitos para que o atendimento de urgência tenha continuidade.

Política Nacional de Atenção às Urgências

O SAMU 192 é o principal componente da Política Nacional de Atenção às Urgências, criada em 2003, que tem como finalidade proteger a vida das pessoas e garantir a qualidade no atendimento no SUS. A política tem como foco cinco grandes ações:

Organizar o atendimento de urgência nos pronto-atendimentos, unidades básicas de saúde e nas equipes do Programa Saúde da Família;
Estruturar o atendimento pré-hospitalar móvel (SAMU 192);
Reorganizar as grandes urgências e os pronto-socorros em hospitais;
Criar a retaguarda hospitalar para os atendidos nas urgências; e
Estruturar o atendimento pós-hospitalar.

Contato

Dúvidas, sugestões ou reclamações:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Cursos

Curso de Motolâncias

O objetivo deste curso é preparar os futuros condutores às situações adversas presentes no trânsito, principalmente no que diz respeito aos constantes congestionamentos registrados nos últimos anos.

A Secretaria de Saúde andreense realizou treinamento no mês de abril, capacitando pilotos das Motolâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O evento foi realizado no estádio Bruno José Daniel. A Polícia Rodoviária Federal ministrou as aulas, em parceria com o Ministério da Saúde.

O treinamento foi de seis dias, passando por curso teórico, aulas práticas, além de avaliações de desempenho e aprendizado. As Motolâncias não fazem a remoção de nenhum paciente, só prestam o primeiro atendimento até que equipes do suporte avançado ou básico do Samu compareçam ao local.

A nova modalidade de atendimento pretende, através das Motolâncias, aprimorar o atendimento prestado em Santo André e na região. As motos proporcionam que as equipes do Samu cheguem mais rápido aos locais das ocorrências para prestar os primeiros socorros.


Apostilas

Primeiros Socorros
DEA-ZOLL
Manual de Regulamentação Médica
Motolâncias
Legislação SAMU

Estatísticas

Segurança
A manutenção preventiva do veículo também garante a segurança no trânsito. Estudo inédito realizado no Brasil revela que 27% dos acidentes são causados por falta de manutenção do veículo. Os itens de segurança (direção, freios, suspensão, pneus e rodas) quando não estiverem em boas condições podem colocar em risco a segurança do motorista, ocupantes e terceiros.

É importante fazer manutenção regular desses itens em uma oficina de sua confiança.

Economia
A manutenção preventiva do veículo é a forma mais econômica de mantê-lo em bom estado de conservação, fator importante para a valorização na hora da revenda. Além disso, levar o veículo periodicamente à oficina de sua confiança permite que as revisões sejam programadas, evitando quebras inesperadas que podem afetar o seu orçamento. Assim como a sua saúde, a do seu carro deve ser feita de forma preventiva. Assim você e sua família estão em segurança. Veículo que não está com o motor regulado e com peças desgastadas consome mais combustível que o normal e perde desempenho. Por isso, se o consumo de combustível aumentou acima da média pode ser um sinal de que está na hora de levar o carro para revisão em uma oficina de sua confiança.

Ecologia
A manutenção preventiva do veículo também garante a melhoria da qualidade do ar que respiramos. Cuidar do carro também é uma ação ecologicamente correta. Com o tempo de uso, as peças sofrem desgaste natural e devem ser substituídas por outras de qualidade que estejam de acordo com as especificações do fabricante e que sejam de procedência conhecida. Veículo mal conservado polui mais e consome mais combustível. Seja solidário com o meio ambiente, cuidando bem do seu carro.

Fonte: www.carro100.com.br

Saúde Bucal

  • Escrito por Prefeitura de Santo André
  • Categoria: Saúde
  • Acessos: 24494

Com o objetivo de promover a saúde bucal na nossa cidade, este programa desenvolve as seguintes ações:

  • Vigilância Sanitária do flúor na água de abastecimento – Santo André possui água fluoretada desde 1985 e com isto estimamos 60% de redução na incidência de cárie conforme levantamentos recentes;
  • Programa de Educação e Prevenção em Escolares – ações educativas, preventivas e levantamento das necessidades de tratamento nas escolas, encaminhando para as unidades de saúde, crianças de EMEIFs, Creches e EEPGs;
  • Grupos educativos e preventivos nas unidades de saúde com gestantes, bebês e outros grupos;
  • Atendimento individual – odontologia básica (cirúrgico-restaurador) nas unidades de saúde;
  • Atendimento de Urgência 24h no Centro Hospitalar;
  • Consultas de Especializadas no CEO – Centro de Especialidades Odontológicas (Rua Campos Sales, 607 - Centro): endodontia, periodontia, semiologia, cirurgia e atendimento a pacientes com necessidades especiais;
  • Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial 24h no Centro Hospitalar

Campanha de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer Bucal

Preocupados com os números alarmantes de incidência do câncer bucal no Brasil, iniciamos em 2001 esta campanha de conscientização e prevenção do câncer bucal, que se repete anualmente, geralmente em outubro.

Os exames são realizados em um sábado, em tendas montadas em pontos estratégicos da cidade onde transitam um grande número de pessoas (R. Cel. Oliveira Lima e Largo da Vila Luzita), e a demanda para os exames é livre. Durante a semana da campanha, de segunda a sexta, os exames são realizados nas Unidades de Saúde, Casas de Repouso, SESI, Paço Municipal, SEMASA , DPAV, Pólo Petroquímico, Faculdades de Terceira idade, Polícia Militar, Supermercados, priorizando adolescentes, adultos e idosos.

A população de risco para o câncer bucal são principalmente homens com 40 anos e mais, fumantes, etilistas, pessoas d pele clara com exposição constante à radiação solar.

Os casos positivos de câncer são encaminhados para a nossa referência municipal e estadual em oncologia cabeça e pescoço para o tratamento: cirurgia e quimioterapia/radioterapia quando necessário.

A Campanha de Prevenção e Diagnóstico Precoce do Câncer Bucal, vem alcançando seu objetivo de conscientizar a população e os profissionais (dentistas e outros profissionais da área da saúde). Com isto entendemos que estamos diagnosticando em estágios iniciais diminuindo as mutilações, possibilitando ao paciente levar uma vida digna, aumentando as possibilidades de sobrevivência e consequentemente diminuindo a taxa de mortalidade por esta doença.

Saúde do Trabalhador

  • Escrito por Prefeitura de Santo André
  • Categoria: Saúde
  • Acessos: 25021

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador/CEREST de Santo André é o serviço que divulga, para a rede de saúde e para a sociedade em geral, o conhecimento de que as condições e processos de trabalho podem causar acidentes e doenças e que devem ser evitadas.

Está vinculado ao Departamento de Vigilância à Saúde e desenvolve as seguintes ações:

• Vigilância das situações de trabalho do município, a partir da análise das notificações (obrigatórias) dos acidentes e doenças
• Vistoria aos ambientes de trabalho para avaliação e determinação de correção das irregularidades que colocam em risco a saúde do trabalhador
• Matriciamento: processo de formação e apoio aos profissionais da rede de saúde (pública e privada) para diagnóstico e acompanhamento adequado dos agravos relacionados ao trabalho
• Divulgação e orientação à população em geral, sobre a importância da prevenção de acidentes e doenças decorrentes das condições de trabalho. O Grupo de Teatro do CEREST, formado por portadores de doenças relacionadas ao trabalho e profissionais do serviço, mostra-se importante estratégia nessa ação.

Serviço: Centro de Referência em Saúde do Trabalhador

Local: Rua Primeiro de Maio, 133, 2º andar – Centro
Tel.: 4433-31-30/ 31-12/ 31-10/30-11

 

Resavas - Rede de Saúde para Atenção às Violências e Abuso Sexual

  • Escrito por Prefeitura de Santo André
  • Categoria: Saúde
  • Acessos: 23000

A Prefeitura Municipal de Santo André compreende que as violências e suas sequelas constituem um grande problema de saúde pública comprometendo consideravelmente a qualidade de vida de toda a sociedade além de onerar os custos com cuidados em saúde.

Diante desses índices e no sentido de atender aos anseios dos profissionais das diversas secretarias municipais a PMSA criou em 2002 a Rede de Saúde para Atenção às Violências e Abuso Sexual – RESAVAS. É um programa da Secretaria da Saúde que tem por objetivo o combate, a prevenção, a assistência e a garantia de direitos por meio da organização dos serviços municipais e parcerias voltadas para atenção à violência (física, psicológica, negligência e sexual), em todas as idades e sexos, incluindo indígenas, deficientes e população LGBT.

A prevenção de violências é feita por meio de capacitação dos profissionais da rede pública e privada no sentido de identificar, acolher e conduzir vítimas de violência.
Também é possível adequar políticas públicas para prevenção das diversas violências por meio de dados epidemiológicos que é mais uma função da RESAVAS que recebe as fichas de notificação compulsória de violência e intoxicações, confere e alimenta o banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação – SINAN –.
Outra atuação muito importante da RESAVAS é o ambulatório para atendimento de vítimas de abuso sexual que é feito no ARMI onde os pacientes tem tratamento multiprofissional e orientação social e jurídica.

A RESAVAS também criou o Comitê do Abortamento Legal que atua junto às mulheres que engravidam decorrente do estupro e solicitam o abortamento legal
Santo André participa ativamente do programa “VIVA Inquérito” (Vigilância de Acidentes e Violências) do Ministério da Saúde desde a 1ª edição em 2006, sendo um dos 142 municípios do Brasil selecionados para esse trabalho.

Desta forma, a RESAVAS consegue atender os requisitos constantes na Lei Nº 8069 de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), na Lei 10.741 de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), na Lei Nº 11.340 de 07 de agosto de 2006 (Lei Maria da Penha) e outras portarias governamentais voltadas ao atendimento às vítimas de violências.

Maria Aparecida Dix Chehab
Coordenadora da RESAVAS

Subcategorias