Logo 5 2017

 

Menu

Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa

  • Escrito por Prefeitura de Santo André

Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando GaiarsaFachada atual do Museu
O Museu de Santo André apresenta aos seus visitantes a memória e a história da cidade e região por meio de um acervo composto por aproximadamente 70 mil itens. As exposições e demais ações de difusão tratam das transformações que foram se delineando na cidade, seja no aspecto urbano, social, econômico, político ou cultural.


O Museu, oficialmente criado em 1982, passou a ocupar, em 1988, parte do prédio da então Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, no Paço Municipal. Foi transferido para sua sede definitiva nas instalações atuais (Rua Senador Fláquer, 470 – Centro) em agosto de 1990. Ao longo deste tempo, coletou materiais de interesse para a reconstituição da história da cidade, com o objetivo de valorizar as pessoas, o lugar onde vivem e seu legado cultural. Os bens culturais mais antigos são do final do século XIX e os mais recentes, de 2014.
fachadaantigareduzida

O serviço de captação do Museu recebe doações de pessoas que colaboram com a
construção da memória coletiva de Santo André. Objetos pessoais e/ou profissionais e do cotidiano, além de imagens da cidade e sua gente, são submetidos à apreciação da Comissão de Acervo. O grupo é responsável por analisar e avaliar a pertinência ou não desses objetos para o acervo, com base nos fundamentos da tipologia do Museu de Santo André. Os objetos aprovados pela Comissão passam a compor seu acervo e tornam-se patrimônio cultural da cidade.

Encontro de Pesquisadores do ABC Assim, o Museu de Santo André é um local de difusão do conhecimento sobre a região por excelência, pois congrega elementos que permitem conhecer e reconhecer aspectos relativos à história e à memória do município de forma direta. Neste sentido, o prédio onde está instalado é um reconhecido patrimônio cultural com uma ligação muito próxima com a memória da cidade. Trata-se do I Grupo Escolar da Região do ABC, inaugurado em 1914. Construído em forma de U e interligado por um alpendre, com agradável pátio interno, reúne o que foram várias salas de aula. Foi tombado pelos Conselhos de Defesa do Patrimônio Cultural Municipal (1992) e Estadual (2002) devido à sua inserção na memória local e importância como remanescente da política educacional do começo do século XX.Páteo recebe apresentação musical noturna


A escola foi transferida para outro endereço em 1978 e, desde que o Museu passou a ocupar o prédio, em 1990, tem se dedicado de forma mais ampla a seus objetivos, o principal deles, promover a difusão do significativo patrimônio cultural andreense por meio de seu acervo. Para tanto, desenvolve ações no intuito de valorizar esses bens para estreitar a relação de afeto da comunidade com a cidade, aproximando-as, de forma agradável e prazerosa, para um maior envolvimento das pessoas com a cidade e sua memória.

Política Cultural

A política cultural do Museu de Santo André tem sete objetivos principais:

•    ser um espaço dinâmico, que valoriza o ser humano, sua produção e Atividades abertas ao público são constantes
sua cultura dentro
do contexto social da comunidade em que se encontra inserido;
•    estabelecer diálogo com a sociedade e os visitantes por meio de exposições, publicações e ações educativas e culturais;
•    ser um espaço cultural onde a referência é o tempo presente. Os acontecimentos passados são referenciais para o entendimento da atualidade;
•    ser catalisador de bens culturais da cidade por meio da coleta, pesquisa, seleção, conservação e divulgação desses bens;
•    fomentar atividades de valorização do patrimônio cultural de Santo André, sejam elas iniciativas do poder público ou da sociedade civil. Suas formas podem ser parcerias, cooperações, cursos ou palestras;
•    realizar pesquisas, selecionando e conservando suas fontes e divulgando os resultados por meio de exposições, palestras, catálogos, livros ou outros meios de acesso ao público;
•    criar estratégias de formação de pessBiblioteca é aberta para consulta dos interessados
oas e divulgação de temas associados a sua área
de atuação, visando o desenvolvimento do conhecimento sobre a história e memória da cidade.

Para tanto, o Museu dedica-se a cinco linhas básicas de atuação: exposições, ação educativa e cultural, biblioteca, sala especial e serviço de captação de doações. Esses os trabalhos potencializam o contato com a sociedade.

 

Veja a maquete do prédio Contato:
Museu de Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa
Rua Senador Fláquer, 470 – Centro – Santo André
(11) 4427-7297 e (11) 4436-3631
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Estacionamento para visitantes: Rua Dona Gertrudes de Lima, 499 - Centro
Entrada gratuita